A Fiscalização de Posturas está orientando os donos de imóveis com árvore morta na calçada, para que providenciem, preferencialmente no prazo de 90 dias, a retirada das mesmas.

De acordo com relatórios da fiscalização são 56 árvores mortas em toda a cidade e o procedimento recomendado é a substituição. Muitas espécimes da flora urbana são atacadas por cupins ou outras pragas.

Por outro lado a Fiscalização orienta de que as podas realizadas nas árvores não sejam drásticas e a retirada dos exemplares somente ocorram com autorização do Departamento de Meio Ambiente.

Sem a autorização o munícipe poderá ser multado. Vale ressaltar que a Prefeitura fornece mudas gratuitas, para a substituição ou novo plantio.

As mudas de árvores são oferecidas gratuitamente pela Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, localizada no Anel Viário Julio Rubin, sendo as espécies: Oiti, Pata de Vaca, Ipê Amarelo, Ipê Branco, Jambo e Maguinólia.

A Fiscalização de Posturas do Município, em apoio o Departamento de Meio Ambiente, levantou em 2017 todas as residências da cidade que não possuem uma árvore plantada na calçada, tendo sido emitida notificação orientadora para cerca de 3.300 imóveis sem arborização.

Durante a Campanha Plante Uma Árvore um panfleto de divulgação foi distribuído para as crianças da rede pública municipal de ensino.

Seis motivos para se plantar uma árvore:
 
* Ar condicionado natural – Regulam a temperatura e o clima do nosso planeta;
* Protetora natural – Traz sombra e protege contra ventos e poluição sonora;
* Preserva a fauna – Habitat natural, é a fonte de abrigo e alimento de animais;
* Reduz a contaminação – As folhas retêm partículas de pó, filtrando o ar que respiramos;
* Ciclo de água – As raízes retêm a água da chuva, evitando secas e inundações;
* Protegem o solo – Evitam a erosão e o desgaste dos solos.

Área de anexos