É amanhã a conversa sobre o crack

Será que o sofrimento de tantas famílias vai ser combatido depois da Conferência Municipal de Saúde? No encontro que acontecerá amanhã, as autoridades e Conselho Municipal de Saúde discutirão as novas diretrizes do combate ao crack elaboradas pelo governo federal, além de pactuar ações estratégicas para tal no município de Guaíra.
guairacontraocrack.com.br
guairacontraocrack.com.br
guairacontraocrack.com.br
guairacontraocrack.com.br

Será que o sofrimento de tantas famílias vai ser combatido depois da Conferência Municipal de Saúde? No encontro que acontecerá amanhã, as autoridades e Conselho Municipal de Saúde discutirão as novas diretrizes do combate ao crack elaboradas pelo governo federal, além de pactuar ações estratégicas para tal no município de Guaíra.

O evento acontecerá na Càmara Municipal a partir das 8h. Veja a programação no site da Prefeitura de Guaíra clicando aqui.

Em depoimento ao GuairaNews, uma mãe de usuário de crack desabafou: “Eu não agüento mais ir buscar meu filho na rua, conheço todas as bocas de fumo em Guaíra! Se eu conheço a polícia não conhece? Já apanhei dele, já perdi dinheiro, ele já roubou até fio do DVD pra trocar por droga. Minha casa está toda estragada….agora estou tentando internar o menino, mas só tem vaga em clínica particular. O padrinho dele vai poder pagar no mês que vem, mas até lá não sei…tenho medo dele sumir de novo.”

Está na hora de agir, povo guairense. Chega de crack, chega destes vícios degradantes.

Agora é o momento da população cobrar das autoridades, botar a boca no trombone.

Ainda há tempo de participar. O Conselho de Saúde tem representantes nas associações de bairro, igreja, saúde. Procure o representante mais próximo a você e dê seus palpites para que ele possa levar amanhã à Conferência. Ou vá você até lá, seja voz ativa, faça a diferença!

O que você acha, objetivamente, que os governantes deveriam fazer com relação ao combate ás drogas? Faltam clínicas de reabilitação no município? Você conhece algum órgão de apoio ás famílias de usuários? E o departamento de Segurança de Guaíra, como deveria agir na sua opinião?

Publicidade:
Anterior LEO Clube planta 100 mudas de árvores em Guaíra
Próxima LEO Clube visita Asilo em comemoração a Páscoa