Como Preparar o Café para Aproveitar Seus Benefícios

DIFERENTES JEITOS DE FAZER O CAFÉ Conheça cinco formas tradicionais de passar o café e dicas para que a bebida faça bem para a saúde
Café
DIFERENTES JEITOS DE FAZER O CAFÉ
Conheça cinco formas tradicionais de passar o café e dicas para que a bebida faça bem para a saúde
  • Prensa francesa – Coloca-se o pó no recipiente de vidro e, em seguida, a água quente. Depois, é só tampar com o filtro. Em alguns minutos o pistão deve ser pressionado para separar o pó da bebida já pronta.
  • Italiano – O pó é disposto no centro da cafeteira, que vai para o fogão. Ao entrar em ebulição, a água pressiona a bebida para a parte superior do equipamento. Também não se usa filtro.
  • Expresso(Espresso) – O café sofre uma pressão de água a 90 °C. A bebida ganha maior teor de compostos bioativos, como antioxidantes, mas também de itens que elevam o colesterol, por causa da ausência de filtro.
  • Turco – Quando a água começa a ferver na cafeteira turca, ela é tirada do fogo. Aí, entra o pó. A mistura é levada novamente ao fogo, mas só até a fervura ter início. Repete-se o processo três vezes.
  • Com coador – O pó é colocado em um filtro de papel ou pano. Depois, despeja-se água quente por cima. Assim, é possível reter as substâncias que causam o aumento do colesterol.
COMO APROVEITAR AS PROPRIEDADES DO CAFÉ
  • O melhor pó – A cor deve ser marrom-clara, parecida com a de chocolate ao leite. Isso porque o pó muito escuro indica que o café foi submetido a altas temperaturas por tempo prolongado, o que destrói seus compostos benéficos.
  • Armazenamento – Depois de abrir a embalagem, coloque-a em um recipiente plástico hermético. Guarde em um local fresco ou, de preferência, na geladeira. Antes de repor o pó, lave bem o pote — este deve ser de uso exclusivo do café. Evite misturar o resto de um produto com um conteúdo novo.
  • Qualidade da água – Se ela tiver bastante cloro e impurezas, o sabor é prejudicado. Então, opte por água filtrada ou mineral. Procure não deixá-la ferver, já que isso leva à perda de oxigênio e, como consequência, a um gosto desagradável. E, quanto maior o tempo em que o pó ficar em contato com o líquido, mais antioxidantes na sua xícara.
  • Na garrafa térmica – O correto mesmo é bebericar o café logo após o preparo. O motivo? A bebida começa a sofrer oxidação logo em seguida. Se for armazená-la na garrafa térmica, tente consumi-la em até 1 hora. Lembre-se de sempre higienizar o recipiente com água fervente.
O café proporciona benefícios ao bebermos 
de 3 a 4 xícaras diárias
Publicidade:
Anterior O que aconteceu na RubyConf Brasil 2013?
Próxima Ice by Nice chega ao North Shopping Barretos