Por: Alinne Abreu

DIY significa do it yourself, ou seja: Faça você mesmo! Atualmente a moda se transformou em uma coisa tão aberta que não precisamos mais ser riquíssimas (os) para andarmos estilosos e atuais.

Estamos cansados também de vermos peças da vovó voltar à ativa, pois está super cool ser vintage. Porém às vezes por mais roupas e acessórios que possamos ter, todo mundo já sentiu como se não estivéssemos contentes com nada, aquela sensação de parecer que não temos a roupa ideal, e a customização é uma saída para aquela roupa que você não usa faz tempo e/ou está enjoada daquela mesma cara.

Voltando um pouco ao assunto da semana passada, as T-Shirts são peças ideais para você customizar, pois normalmente temos mais de uma, e aquele modelinho “careca” fica muito sem sal e sempre dá uma vontadezinha de dar um up, sem contar que está mega em alta camisetas customizadas, pois mais ninguém vai ter uma camiseta como a sua, pois bem, vamos ao que interessa, vou dar uma dica de customização de T-Shirt, que você mesmo pode fazer na sua casa com ajuda de poucos apetrecho (nesse caso apenas uma tesoura, mas você pode complementar da forma que quiser, fique a vontade para criar!).

Lembrando hoje em dia dá pra customizar TUDO, calças, shorts, vestidos, anyway, tudo mesmo.

Obs: Antes de mais nada é importante levar em conta a preparação antes de qualquer customização antes de qualquer customização sobre as peças. É fundamental ter algum planejamento, ainda mais se você não tiver intimidade com trabalhos manuais.

foto 1

Esta camiseta, de modelo masculino inclusive, é encontrada facilmente em qualquer loja, (inclusive de Guaíra), por preços acessibilíssimos! A variedade também é grande, por isso dá pra escolher a estampa, a cor etc.

No caso dessa estampa, a Bowie’s T Shirt fabricou, (é um ateliê que faz qualquer estampa), mas você pode comprar sua T-Shirt já com a estampa que você quiser.

foto 02

Para fazer esse modelo super tendência, de franjinha, eu cortei as mangas, bem cavadinhas, a gola, coloquei um fita adesiva para “traçar” até onde queria a franja e cortei tirinha por tirinha.

Ficou massa, e não deve ter durado 30 minutos esse processo de cortes.

Agora é sua vez, faça o seu, crie e inove!