CDHU faz plantão para conciliação com devedores

Trata-se de um plantão para conciliação que ocorrerá na 2ª Vara da Justiça de Guaíra

CDHU A

A ação é dirigida a moradores que residem em conjuntos habitacionais da CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano – e que possuem mais de três parcelas da casa própria em atraso.

Trata-se de um plantão para conciliação que ocorrerá na 2ª Vara da Justiça de Guaíra no dia 21 de agosto, sexta-feira, das 9h30 às 16h. A 2ª Vara fica na rua 12 nº 718, entre avenidas 17 e 15, ao lado do Fórum. 

Durante o atendimento serão oferecidas condições especiais de pagamento e os casos serão analisados individualmente, de acordo com a situação financeira do titular do contrato. Para participar é necessário ter em mãos: RG, CPF e um boleto da prestação do imóvel pago ou não.

O plantão faz parte da campanha “Fique em Dia com a sua Casa”, lançada em 2011 para promover a regularização financeira e contratual no Estado de São Paulo.

A Secretaria Estadual de Habitação explica que antes desse programa a inadimplência na carteira de mutuários da CDHU era de 29,24%.

Com programa chegou-se a marca de 16,97% e a meta é reduzir ainda mais, pois quanto menor o índice, maiores serão os investimentos em moradia, por parte dos programas habitacionais governamentais

SOMENTE CONCILIAÇÃO

O Departamento de Habitação do Município frisa que este plantão será somente para negociação e conciliação de dívidas, para mutuários já estabelecidos, em nada tem haver com inscrição ou cadastro para novas moradias.

PRINCIPAIS CAUSAS:

Segundo pesquisa realizada pela CDHU, as principais justificativas dos mutuários para o atraso nas prestações da casa estão relacionadas à perda de renda, separação do casal e problemas de saúde. Por isso, durante os mutirões de renegociação, os casos são analisados individualmente de acordo com as condições financeiras do titular do contrato.

É importante que a população perceba a importância de manter as prestações em dia e, em caso de atraso, procure regularizar a situação o quanto antes para que a dívida não cresça cada vez mais, afinal, o imóvel é um patrimônio de toda a família.

Publicidade:
Anterior Semana de prevenção a deficiência promovendo a inclusão com autonomia
Próxima INSCRIÇÕES PARA CURSOS DO FAMÍLIAS QUE RENDEM NA QUINTA E SEXTA-FEITA