COLETA SELETIVA:  MEIO AMBIENTE, ECONOMIA E INSERÇÃO SOCIAL

Reciclar faz bem ao ambiente, ao bolso e promove inserção social

O simples ato de separar o lixo em casa, para a coleta seletiva, desencadeia um efeito cascata benéfico em diversas nuances da boa convivência em comunidade: bem estar ambiental, economia ao setor público é para os próprios cidadãos, em se tratando de Guaíra, onde a coleta é executada por uma cooperativa de recicladores, o maior dividendo é a inserção social.

Nem é preciso dizer que reaproveitar materiais recicláveis: metais, plástico, vidro e papel é imperioso na preservação do meio ambiente, porque economiza recursos naturais , e, mais ainda evita que estes matérias contaminem ecossistemas onde demorariam séculos para degradar.

ECONOMIA

Já no viés econômico, a seleção e reaproveitamento de matérias primas, poupa o precioso espaço do aterro sanitário, que custa extremamente caro e em Guaíra durará pouco tempo. Plástico, metal e vidro, diferente da matéria orgânica do lixo doméstico, tem uma decomposição lentíssima , fazendo volume na vala. O orgânico degrada, sendo que a maior parte se transforma em chorume, podendo ser tratado e reintroduzido na natureza sem risco de contaminação.

INSERÇÃO SOCIAL

No município a coleta, separação e comercialização dos recicláveis é realizado pela Coopergua – Cooperativa de Trabalho de Recicladores de Guaíra – SP, com apoio logístico da Prefeitura. Aí entra a inserção social. Os recicladores trabalham com equipamentos adequados, ganhos e todas condições de trabalho dignas.

NOSSA PARTE

A parte que compete a população nessa empreitada que benefícios traz para todos. O esforço é mínimo diante do ganho ambiental, econômico e social.  Basta separar os detritos orgânicos (também conhecidos como úmidos) dos recicláveis (plástico, papel, metal e vidro).

Lixo comum
– Resíduos como restos de alimentos, papéis higiênicos, fraldas usadas, papéis engordurados, louças quebradas, espelhos, pedaços de madeira e tecido, não são recicláveis e devem ser acondicionados em sacos próprios depositados para a coleta regular pelos caminhões da Seleta

Recicláveis

Papéis
-Embalagem longa vida (caixa de leite e similares)
– Caixas de papel ou papelão
– Jornais e Revistas
– Papel de embrulho em geral

Metal
– Latas de alumínio
-Bisnagas e tubos de aerossóis
-Panelas
– Chapas de aço, cobre, ferro e zinco

Vidro
– Garrafas
– Copos
– Frascos de perfume
– Cacos de vidro (devidamente embalados) para evitar acidentes com os coletores

Plástico
– Garrafas Pet
– Copos, potes e tampas
– Sacolas plásticas
– Canos e tubos de PVC

Cronograma Coleta Seletiva – Bairros

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Vivendas

Distrito Industrial 1

Portal do Lago

Morada do Sol

Jardim Eldorado

Reinaldo Stein

Nadia 1,2,3 e 4

Centro

Cohab 2

Jardim Palmares

Portal do Ipê

Residencial Marina

Jadrim Eliza

Nobre Ville 1

Residencial Muraishi 1 e 2

Campos Elíseos

Aniceto

Joaquim Pereira

José Pugliesi

Nova Guaíra

Centro

Bom Jesus

Jardim Alegria

Paranoá

Novo Horizonte

Abdala Elias

Guaíra E

Cecap

Tonico Garcia

Jardim Lígia

Residencial Tais

Jardim Califórnia

Luis Afonso

Centro

Etelvina Santana

Pe. Mario Lano (Mutirões 1 e 2)

João Vaccaro

Cohab 1

Miguel Fabiano

Vila Aparecida

Jardim Paulista

 

Publicidade:
Anterior SAIBA COMO PROTEGER SEU FILHO DA EXPOSIÇÃO SOLAR
Próxima COMO AS ESCOLAS TÊM PREPARADO ALUNOS PARA O MERCADO DE TRABALHO?