ESTÉTICA E BELEZA DEVEM ENTRAR NO PLANEJAMENTO FINANCEIRO?

Em nome da sua autoestima, a beleza não deve ficar de fora dos seus sonhos

Todo início de ano requer uma reflexão sobre sob diversos aspectos da vida, inclusive o financeiro. O planejamento de gastos é de extrema importância para ter uma organização entre as despesas e investimentos, que merecem a devida atenção. E quanto mais controlado for, mais se obtém sucesso nos sonhos e planos para o futuro, alcançando os objetivos almejados.

Uma das técnicas mais usadas nesse projeto – que deve se iniciar anualmente e ter um acompanhamento e atualização mensal – é o uso de planilhas financeiras. Orçamentos domésticos devem ser diariamente lançados nesta organização. É necessário anotar todos os ganhos e gastos, até mesmo aquele consumo na rua, sem previsão. Os pequenos valores influenciam no resultado final e surpreende quem se controla financeiramente.

Outras dicas importantes são: compare os preços e, sempre que possível, opte pelos preços mais em conta; pague à vista quando tiver desconto; utilize o cartão de crédito com critério e faça uma lista realista com metas. Tudo isso ajuda a ser assertivo nas aquisições.

No planejamento financeiro – diferente do que muitos pensam – deve entrar tudo até mesmo aquele “sonho de tratamento estético ou cirurgia plástica”. O projeto de ficar mais bonito e ter aquele corpo perfeito também devem constar no programa de gastos no início do ano e nos acompanhamentos mensais. Afinal, investir em si mesmo é salutar e contribui para a autoestima e a felicidade individual, o que reflete em todas as demais áreas da vida.

“Ainda bem que, diferente de antigamente, as cirurgias plásticas estão muito mais acessíveis, mas tudo deve ser bem avaliado para a segurança do paciente. Porém, neste caso, como envolve a saúde, o ideal é pesquisar preços, sem abrir mão dos melhores médicos e hospitais”, afirma Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional – Cirurgia Plástica, empresa especializada na intermediação financeira na área de procedimentos estéticos.

É possível encontrar diversas opções que auxiliam em um planejamento do orçamento que inclui a beleza. Entre os mais procurados, está o financiamento de cirurgias plásticas. “É uma alternativa que realiza o sonho das pessoas sem pesar no bolso nestes tempos de crise”, analisa o diretor. Os parcelamentos podem ser feitos em até 48 meses.

Anterior PREFEITURA DE BARRETOS REVELA QUE INVESTIGAÇÃO DE FRAUDE NO PAGAMENTO DE SERVIDORES ESTÁ SENDO INVESTIGADA NO GAECO
Próxima BARRETOS MOTORCYCLES TERÁ CPM22