Esta é a 2º edição do festival e a finalidade do evento é arrecadar 15 mil reais para regularizar a situação financeira, judicial e terminar as reformas necessárias para conseguir inscrever a ONG Associação mulher Vanda Lucia de Freitas nos editais de lei de incentivo gerando uma renda fixa para contratação de funcionários em muitos âmbitos e manter os trabalhos realizados por Dona Antônia que é a fundadora.

Infelizmente no mês de junho a Dona Antônia teve um infarto e percebeu que sem ela o funcionamento da ONG ficou fragilizado, com medo de ter complicações na saúde e colocar em risco a continuidade dos trabalhos realizados por ela, Dona Antônia pediu ajuda para os alunos da USP que sem medir esforços organizaram essa 2° edição.

Na edição passada eles conseguiram arrecadar esse mesmo valor de 15 mil reais que foi muito útil mais ainda não é o necessário para dar continuidade nos trabalhos realizados por Dona Antônia.

Seja solidário, participe!



Conheça um pouco da ONG

Ha 35 anos atrás, uma mulher, negra, periférica e mãe de 6 filhos, chamada Antônia Santos Pereira, encontrou-se com grande insatisfação com os problemas no bairro onde morava e motivada em mudar a realidade de seus filhos e amigos decidiu fazer alguma coisa, ela então começou a cuidar de algumas crianças na garagem de sua casa, a notícia se espalhou pelo bairro Valentina Figueiredo – zona norte de Ribeirão preto, e várias mães começaram a bater em sua porta, decidiu-se então criar a Associação Vanda Lucia de Freitas, nome esse em homenagem a uma amiga com que sonhou essa ideia junto com ela.

Atualmente a ONG atende 50 crianças no período de contra turno das escolas, tendo duas turmas, atendidas das 7h da manhã até as 17h de segunda a sábado.

A ONG conta com 5 funcionários não assalariados (sendo sempre 2 deles provenientes de cumprimento de pena) e o espaço onde exerce-se suas atividades é parte do terreno da Dona Antônia que foi reformado para atender as necessidades.

As crianças fazem 3 alimentações na associação, tomam banho e brincam dentro do espaço, sendo todos os gastos da ONG provenientes da aposentadoria da dona Antônia e algumas doações pontuais.

Por falta de recursos financeiros a ONG não consegue realizar atividades que envolvam as crianças e muitas acabam procurando outros caminhos, o principal objetivo desse evento é arrecadar dinheiro para habilitar a ONG a se inscrever nos editais de lei de incentivo gerando uma renda fixa para contratação de funcionários em muitos âmbitos.

Crédito das fotos:  https://blog.startpoppin.com/alunos-da-usp-ajudam-ong/