Quando ouvimos a respeito de oportunidades internacionais, é comum pensar apenas em cursos de graduação, mestrado e doutorado – são justamente essas as oportunidades mais difíceis de conquistar, porque também são as mais concorridas. O que muita gente ainda não sabe é que existem outras formas de ter uma experiência internacional em uma universidade no exterior, como em Harvard, por exemplo, a terceira melhor faculdade do mundo, de acordo com o QS Ranking de 2019.

“Ter uma experiência em Harvard no currículo conta muito, mesmo que não seja exatamente de um curso universitário”, ressalta Matheus Tomoto, Fundador da Universidade do Intercâmbio. A empresa, que presta mentorias para pessoas que querem estudar ou trabalhar no exterior, aponta 5 oportunidades em uma das mais cobiçadas universidades do planeta:

Summer Job

Essa é a oportunidade perfeita para quem faz faculdade no Brasil e deseja ter uma experiência para agregar no currículo. O Summer Job (Estágio de Verão) é um estágio de curta duração e que geralmente dura no máximo 3 meses. Esse período enxuto é justamente para que os estudantes interessados consigam passar por essa experiência no período de férias da faculdade. Esse estágio pode ser realizado em empresas, ou em universidades, como é o caso de Harvard.
Embora o Summer Job não seja exclusivamente para estudantes, a maior parte das vagas é, na prática, destinada a esse público. Muitas dessas oportunidades são remuneradas. Os Winter Jobs tem a mesma ideia, mas acontecem no inverno.

Cursos de Extensão, Cursos Técnicos e Cursos de Especialização

Em Harvard é possível fazer cursos mais rápidos e de mais fácil acesso. Com uma preparação de 3 a 6 meses já é possível conquistar uma oportunidade em um desses cursos. Harvard tem um sistema convencional de ensino baseado em cursos de graduação, mestrado, doutorado, etc. Mas, os mesmos professores que atuam nesses cursos acadêmicos também dedicam tempo para ensinar a comunidade em cursos rápidos, que duram poucas semanas, ou meses.
Para fazer a inscrição num curso desses basta entrar no site de Harvard e escolher o que mais tem relação com o seu perfil. Geralmente eles nem requisitam prova, então não é necessário, por exemplo, TOEFL, SAT, GMAT, IELTS, ACT, GRE, LSAT ou MCAT e a documentação não costuma ser tanta. Além disso, eles são muito mais baratos do que um curso convencional.

Pre-College

Pra quem sonha em fazer faculdade nos EUA, essa é oportunidade. Aqui no Brasil, os cursinhos pré-vestibulares são muito comuns, especialmente para quem quer cursar Medicina, Direito e Engenharias, e que deseja entrar nas melhores universidades públicas do país. O que nem todo mundo sabe é que lá nos Estados Unidos, inclusive em Harvard, também existe isso. É o que eles conhecem como Pre-College.
Este nada mais é do que um curso preparatório para entrar no College, ou em outras palavras, na faculdade. Essa é uma excelente oportunidade para quem quer se preparar para entrar em uma universidade americana já estando em uma, como em Harvard.

Summer Camps e Bootcamps

Essas são oportunidades muito legais para quem tem menos de 18 anos. São encontros que as universidades americanas promovem, geralmente no verão. A duração varia, podendo ir de uma semana a 2 meses, dependendo da faculdade e da modalidade do Summer Camp/Bootcamp.
É muito comum entre adolescentes de 14 a 17 anos, que estão começando a pensar no que vão fazer da vida. O objetivo principal é oferecer essa orientação e esclarecer dúvidas comuns sobre o tema. Em Harvard existem vários programas de Bootcamp e Summer Camp.

Conferências e Treinamentos

Essa é a categoria mais abrangente de todas. Toda a universidade renomada do mundo conta com iniciativas desse tipo e não seria diferente com Harvard. A instituição sempre está promovendo conferências e treinamentos que, na maioria das vezes, são abertos para qualquer pessoa. Um exemplo, muito comum em Harvard, por exemplo, é a Brazil Conference, um evento anual que reúne grandes nomes do Brasil para discutir assuntos relevantes para o futuro do país.