Arquitetura e arte: Brasileiros transformam obras de Niemeyer em pista de skate em documentário inédito

Pedro Barros e Murilo Peres protagonizam ‘Sonhos Concretos: O Skate Encontra Niemeyer’, que estreia nesta quarta (10)
Pedro Barros and Murilo Peres perform during the video recording of Sonhos Concretos project in Niteroi, Brazil on November 21, 2019 // Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool // AP-249FMMNMS1W11 // Usage for editorial use only //
Pedro Barros and Murilo Peres perform during the video recording of Sonhos Concretos project in Niteroi, Brazil on November 21, 2019 // Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool
Do Palácio do Congresso Nacional, com passagem pelo telhado do Teatro Popular Niterói até a construção com maior vão livre do mundo, Pedro Barros e Murilo Peres tornaram o sonho dos skatistas brasileiros em realidade: dropar as linhas e curvas únicas das obras de Oscar Niemeyer.
De modo inédito no País, os atletas registraram as manobras pelas construções do maior arquiteto brasileiro da história no mini-documentário especial “Sonhos Concretos: O Skate Encontra Niemeyer” (15min), que estreia nesta quarta-feira (10), pela Red Bull TV.
A ideia do projeto surgiu anos atrás. Com família em Brasília, Pedro Barros cresceu vendo muitas obras de Niemeyer e imaginando como seria andar de skate sobre elas, assim como muitos outros skatistas brasileiros que um dia tiveram contato com essa arquitetura. “Esses lugares eram imagináveis para o skate só nos sonhos mais profundos. Viver isso tudo é mágico. Poder reinterpretar as obras de Niemeyer com o skate é memorável”, explica Barros.
O diretor e a produtora do documentário concordam com Pedro. Hugo Haddad e Victoria Mazzia também são skatistas e queriam transmitir, por meio de imagens, as sensações que as obras de Niemeyer causam para quem anda de skate. “Nosso desafio era mostrar o que elas têm de tão diferente, o que as faz tão especial”, conta Victoria. “A gente queria muito desvendar se elas eram tão boas quanto imaginávamos. E, de cara, descobrimos que são. São até melhores! (risos) A cada locação, os skatistas descobriram lugares incríveis para realizar manobras”, completa Hugo Haddad, diretor do filme.
O documentário começou a ganhar forma quando a Fundação Oscar Niemeyer autorizou Pedro Barros e Murilo Peres a darem um rolê por museus e edifícios de seu criador – algo até então inédito.
“A proposta de interação entre os skatistas brasileiros e a obra de Oscar Niemeyer desde o início nos pareceu uma ideia incrível. Antes de tudo, existe uma forte identidade entre o universo desse esporte e a arquitetura de Niemeyer e seus valores. A irreverência, a liberdade, a busca por desafios, a criatividade em cada movimento, tudo isso está na essência do skate, assim como na obra de Niemeyer, feita de curvas e gestos livres, bela e surpreendente, assim como um rolê de skate”, afirma Carlos Ricardo Niemeyer, Superintendente Executivo da Fundação.
Gravado entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020, o documentário passa pelas principais obras do arquiteto no Rio de Janeiro (RJ), em Niterói (RJ), Brasília (DF), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG). Histórico, o conteúdo, que atrela a beleza das obras à plasticidade do esporte está disponível gratuitamente, pela internet.
“Posso dizer que realizei um sonho ao andar nas obras de Niemeyer. Nunca imaginei que isso seria possível, e é incrível o quanto ele contribuiu para o skate mesmo sem saber disso. Cada momento foi inesquecível”, completa Murilo Peres.
Ao final das gravações, todas as obras passaram por um processo de reparo. Para assistir ao documentário e acompanhar de perto as sessões de skate e tudo que envolveu este feito, basta acessar: https://win.gs/3dzAITV

Assista:

SERVIÇO 
Sonhos Concretos: O Skate Encontra Niemeyer 
Onde assistir: No site da Red Bull TV, por meio do link: https://win.gs/3dzAITV ou no aplicativo, disponível para AndroidiOS, Smart TVs, PS4 e Xbox One, com suporte ao Chromecast e Airplay.
Duração: 15 minutos
Direção: Hugo Haddad
Produção: Red Bull TV
Publicidade:
Anterior Famílias em situação de vulnerabilidade são amparadas por iniciativa de escola
Próxima Startup oferece acesso gratuito por 3 meses em app de recolocação para ajudar quem busca emprego na flexibilização da quarentena