GOVERNO DISPENSA TARIFA PARA ABERTURA DE EMPRESAS NO ESTADO DE SP

Medida de estímulo á economia vale por 60 dias.

SÃO PAULO – O governo estadual, por meio da Junta Comercial, confirmou nesta segunda-feira (24) a suspensão da cobrança de tarifa para abertura de empresas. De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), favorável à decisão, o objetivo é justamente impulsionar o empreendedorismo e ainda estimular a economia, atenuando os impactos na geração de emprego e renda decorrentes da pandemia do coronavírus.

O parlamentar disse que os negócios terão o benefício concedido por 60 dias a partir desta terça-feira (25), depois da publicação no Diário Oficial do Estado. A suspensão da cobrança vale às empresas classificadas como Limitada (Ltda.), Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (EIRELI), Sociedade Anônima (S/A), Empresa Pública, Empresário Individual (EI) e Sociedade Cooperativa.

“Trata-se de mais uma ação desenvolvida pelo governo estadual de estímulo à atividade econômica, sobretudo para micro e pequenos empreendedores. Desde o início da pandemia, o Estado liberou R$ 720 milhões em microcrédito a fim de contribuir com a manutenção das atividades comerciais. Afinal, São Paulo representa 36% da economia brasileira”, complementou o deputado Edmir Chedid.

Na ocasião, o parlamentar lembrou que esta iniciativa contribui, principalmente, com as pessoas que mais sofreram com o desemprego provocado pela pandemia, mas que encontraram alternativas e se reinventaram no mercado abrindo seus próprios negócios. “As micro e pequenas empresas contribuem de forma decisiva para a geração de emprego e renda no Estado de São Paulo”, garantiu.

Empreendedorismo

Dados da Junta Comercial encaminhados ao Poder Legislativo apontam um crescimento gradativo nos números de abertura de empresas no Estado, mesmo durante a pandemia do coronavírus. A partir de maio, foram registradas 10.882 novas empresas e, em junho, o total subiu para 15.918. Em julho, houve um recorde de abertura de empresas em São Paulo, com 21.788 novos negócios.

Publicidade:
Anterior ALÔ BRASIL, NOSSO PROBLEMA NÃO É SÓ O CORONAVÍRUS
Próxima CORONAVÍRUS: EMBALAGENS SAFE PACK COM AÇÃO ANTIVIRAL E ANTIBACTERIANA PARA A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA