Laari Michelin fala sobre mitos em torno do veganismo


A influencer, Laari Michelin, é conhecida por dividir seu dia a dia, dietas e treinos com seus seguidores do Instagram. Laari dá dicas e busca sempre incentivar seus fãs a escolher opções mais saudáveis e há mais 4 anos, Laari iniciou sua transição para o vegetarianismo. Esse tema é um dos que geram mais perguntas e dúvidas de seus seguidores, segundo a influencer.

”Todos os dias recebo algumas perguntas sobre como e por que decidi mudar para esse estilo ide vida, como é a alimentação vegetariana, se sinto falta de certos alimentos e até mesmo se o vegetarianismo impacta na minha saúde ou dificulta o ganho de massa muscular.”

Laari tomou a decisão de começar a transição depois de assistir alguns documentários sobre o consumo de carne.

“Assisti alguns documentários que mostram a realidade do consumo de carne e foram as motivações para começar a transição. Não é fácil, muita gente tenta desanimar. São muitos mitos em torno do assunto e é necessário ler, estudar e buscar um profissional que vai te orientar sobre a maneira correta de começar.”
A influencer não tem dúvidas quando é questionada se tomou a melhor decisão:

“Eu não tenho dúvidas que foi a melhor coisa que fiz na vida! Tudo melhorou, minha saúde, disposição, pele, cabelo e com isso, consegui alcançar muitos outros objetivos. Muitos dizem que vegetariano passa fome, sente falta da carne, sofre com falta de vitaminas, entre outras coisas. As pessoas não tem noção do quanto o mundo vegetal é imenso e nele, a gente encontra sabores muito melhores que o da carne. São muitas opções de alimentos incríveis e passar fome não é nem perto uma realidade. Meus pratos são sempre cheios de variedades e fartos. Quanto às vitaminas, é importante sempre ter acompanhamento médico para que saiba exatamente o que precisa repor ou não.”

A pergunta mais frequente é sobre o consumo de proteínas, já que, Laari tem uma rotina de treinos com foco em ganhar massa magra.

“É o que mais me questionam até hoje. No início, também pensei que só encontraria proteína na carne, frango, ovos e afins. Porém, os cereais, frutas,legumes, raízes, leguminosas, proteína vegana e outros muito alimentos são ricos em proteínas necessárias para fortalecer o corpo.”

Sempre aberta a tirar dúvidas sobre o tema, ela incentiva os seguidores que querem começar.

‘É um assunto que eu ao falar e sempre tento responder todo mundo que pergunta. Recebo muitas mensagens de seguidores que querem fazer a transição ou estão fazendo por minha causa, isso e deixa muito feliz. A gente precisa dar o primeiro passo e estar ciente que o caminho não é fácil, mas com foco e ajuda profissional, as pessoas conseguem. Ver as mudanças em tudo, sem dúvidas, é o maior incentivo para continuar.”

Publicidade:
Anterior Desemprego na pandemia atinge níveis alarmantes, mas poder público traz oportunidades
Próxima Câncer de mama: doença não pode ser negligenciada durante a pandemia, alertam especialistas