Como cuidar da imunidade dos pets?

Especialista dá dicas para os tutores de como melhorar o bem-estar dos animais de estimação
São Paulo, março de 2021 – O fortalecimento da saúde e a proteção contra vírus e bactérias são fatores de contínuo acompanhamento por parte dos pais e mães de pets. Cães e gatos precisam de cuidados para que o sistema imune se mantenha equilibrado e saudável.

De acordo com a médica veterinária, Thaís Matos, especialista da área de Segurança & Confiança da DogHero , maior empresa de serviços para pets da América Latina, muitas enfermidades podem ser a causa da baixa imunidade no pet.

“Quando se trata especialmente de doenças virais e autoimunes, em que a recomendação de corticóides se faz necessária, a imunidade do animal de estimação pode ficar comprometida. Desta maneira, é necessário manter uma rotina de alimentação adequada para que a saúde seja restabelecida”, explica Thaís.

Estar atento em alguns detalhes no dia a dia dos bichinhos, pode fazer diferença em preservar o bem-estar dos pets. Separamos algumas dicas importantes da especialista para os tutores. Confira!

Passeios e mais brincadeiras – Se o pet for submetido a situações estressantes de forma rotineira, sua saúde pode ficar abalada. Portanto, cuidado para não deixar o cãozinho preso ou sozinho por muito tempo. Leve-o para passear em horários oportunos. Brincadeiras também são essenciais no universo dos pets, são capazes de fortalecer os vínculos afetivos e fazem com que cães e gatos tenham uma imunidade melhor.

Alimentos que otimizam o sistema imunológico – As rações para cães e gatos são extremamente completas e balanceadas. Mas, vez ou outra, podemos incluir alguns alimentos com propriedades nutritivas, como sardinha, que precisa ser oferecida cozida para nossos pets, conferindo a eles uma boa imunidade por ser rica em ômega 3 e vitamina D (que reduz as chances de doenças autoimunes).
O iogurte natural – sem açúcar – também é excelente para nossos animais de estimação. Com probióticos (compostos de bactérias benéficas para o trato intestinal), ele auxilia na absorção de nutrientes e no fortalecimento do sistema imune. Outra sugestão, a cenoura – fonte de fibras, minerais (como fósforo, potássio, cálcio e sódio) e vitaminas (A, B2, B3 e C).

Para o pet idoso alimentos que facilitam a mastigação – Quando há limitação pela ausência dos dentes, oferecer uma comida mais pastosa para o pet é fundamental. A ração úmida é o mais indicado e ainda existe a opção de alimentação natural (AN), que facilita a mastigação.
As dietas preparadas para os os animais idosos precisam ser adequadas para o seu organismo. A orientação do médico veterinário irá auxiliar o tutor tanto na preparação quanto na escolha do tipo de alimento correto.

Vacinação em dia – A proteção dos pets é feita por meio da vacinação, independente do fato do animal ter ou não acesso à rua ou se convive com outros animais. A vacinação, vermifugação e controle de pulgas e carrapatos devem fazer parte da rotina do pet, como uma forma de manutenção de sua saúde e, também, de bem-estar.
Muitos agentes infecciosos podem entrar em nossa casa de diversas maneiras, muitos deles sendo trazidos conosco em nossas roupas e demais objetos que carregamos pela rua. Sabendo disso, caso nossos pets não estejam protegidos, grandes problemas podem acabar surgindo. Para maior comodidade e segurança tanto de tutores como dos pets, já temos à disposição hoje, em algumas localidades, a solução do atendimento veterinário a domicílio .
O serviço é especializado e a vacinação pode ser feita em sua casa, sem precisar se deslocar com o animal de estimação.

Sobre a DogHero

A DogHero é a maior empresa de serviços para animais de estimação da América Latina. Pelo seu app e site, conecta quem tem pet a uma comunidade de heróis – formada por anfitriões, pet sitters, passeadores e veterinários -, que ajudam na rotina de cuidado com a saúde e bem-estar dos pets. Atualmente, a comunidade de heróis conta com mais de 25 mil cuidadores, que passam por um extenso e rigoroso cadastro e recebem orientação adequada, disponíveis em cerca de 750 cidades no Brasil. Listada pela Tracxn entre os 22 “minicórnios” em ascensão para o ano de 2021, a DogHero foi fundada em 2014 pelos empreendedores brasileiros Eduardo Baer e Fernando Gadotti. Em outubro de 2020, o marketplace de serviços se uniu à Petlove, Vetsmart e Vetus, construindo assim o maior ecossistema pet do país, com o propósito único de facilitar a rotina de quem tem pet.
Anterior Ecoturismo deve ser tendência para viagens mais seguras em 2021, aponta ViajaNet 
Próxima PAT DE GUAÍRA DIVULGA NOVAS VAGAS DE EMPREGO