Escândalos que Abalaram a Indústria de Jogos de Azar


Photo by Icons8 Team on Unsplash

O jogo é uma das maiores atividades de entretenimento, onde apostadores de todo o mundo tentam ganhar a sua sorte. No entanto, existe sempre quem prefira tentar fazê-lo de uma forma desonesta e desleal.

Ao longo dos anos os casinos têm sido roubados por criminosos astutos, que de alguma forma conseguiram enganar a casa. Quer por contagem de cartas, manipulação de máquinas ou truques de mão, muitos deles conseguiram alcançar grandes ganhos. 

Sendo um conhecedor experiente da história dos casinos, venha conhecer com o autor Martim Nabeiro, algum dos escândalos que abalaram esta indústria. 

Raspadinhas

As raspadinhas são um mercado em ascensão e um dos jogos preferidos dos portugueses. Além da facilidade de jogo, são de baixo investimento e proporcionam aquela adrenalina da possibilidade de grandes ganhos. 

Com o desenvolvimento da indústria do jogo online, as raspadinhas passaram também a estar disponíveis de forma digital. Pode agora escolher entre inúmeras opções e apostar em qualquer lugar. Descubra aqui a melhor forma de jogar raspadinhas online e tente a sua sorte!

A Equipa de Blackjack do MIT

Um dos escândalos de cassino mais conhecido pertence à equipa de Blackjack do MIT, que elevou a contagem de cartas a um novo patamar entre os anos 70 e 90. 

Composto por estudantes e ex-alunos do MIT, Harvard e outras escolas proeminentes, o grupo era bem organizado e meticuloso na realização das suas operações. Conceberam e utilizaram táticas científicas, nomeadamente de contagem de cartas, para vencer os casinos e ganhar milhões.

Consta que o líder do grupo treinou mais de cem jogadores de blackjack ao longo dos anos, e que ganhou mais de 10 milhões de dólares em casinos por todo mundo.

Eventualmente, as casas acabaram por descobrir o elaborado esquema e começaram a impedir os membros da equipa de apostar em atividades de jogo. O grupo acabou por se desmoronar gradualmente, mas ficaram para história por realizarem um dos maiores golpes de cassino.

Este escândalo foi ainda inspirado no filme “A Éltima Cartada” (21) de 2008. 

O Engenheiro de Software do Nevada

No início da década de 90, Ron Harris trabalhava como engenheiro software para o Nevada Gaming Control Board. Com acesso ilimitado, ele descobriu que as máquinas de jogo eram reprogramáveis e elaborou um esquema que envolvia a codificação das mesmas com software defeituoso. Substituiu as fichas originais pelas suas e manipulou o software, obtendo grandes pagamentos de jackpots de vários casinos. 

Com ganhos de centenas de milhares de dólares, Ron Harris, acabou por ser apanhado e em 1996 foi condenado a sete anos de prisão. 

Este é um dos vários escândalos onde são os próprios funcionários dos cassinos pegos trapaceando. 

Louis Colavecchio, “a Moeda”

Outro dos mais conhecidos escândalos de cassino é o de Louis Colavecchio, conhecido como “a Moeda”. Colavecchio era um famoso falsificador, que fabricou as suas próprias moedas de slot machines, extraordinariamente idênticas às que se utilizam nos casinos. O mesmo, utilizou estas moedas falsas para ganhar milhares de dólares em vários casinos sem apostar um cêntimo.

Quando os casinos começaram a notar um inexplicável excedente de moedas nos seus inventários, foi iniciada uma investigação e Louis Colavecchio foi detido com mais de 750 libras de moedas falsas no seu carro.

Em 1997 foi condenado a 27 meses na prisão federal e, curiosamente, foi preso novamente aos 76 anos por falsificação de 2400 notas falsas de cem dólares.

Richard Marcus e a “Postagem Passada”

Este é mais um exemplo de funcionários dos cassinos pegos trapaceando. Enquanto trabalhava como dealer de baccarat e blackjack em Las Vegas, Richard Marcus aprendeu formas de enganar o sistema de jogo. 

O seu truque de mão, também conhecido como “postagem passada”, foi um dos seus esquemas mais bem-sucedidos em que apostava quantias baixas, confirmava se tinha ganho, e depois trocava discretamente as fichas por outras de maior valor e ganhar enormes pagamentos. 

Sendo um dos maiores golpes de cassino, este truque permitiu-lhe lucrar mais de 5 milhões de dólares em vários casinos. Marcus acabou por ser apanhado pelos agentes da lei, mas nunca foi condenado. Agora é consultor de proteção de casinos e vende livros sobre as suas experiências.

Existem muitos outros escândalos relatados na indústria do jogo. Os sistemas podem ser adulterados, mas a tentação e a ganância no jogo podem ser fatais. Apesar de alguns nunca serem apanhados, a maioria acaba por pagar um preço alto. 

Os casinos e as plataformas de jogo estão a tornar-se cada mais desenvolvidos e seguros, pelo que é sempre melhor manter a honestidade e desfrutar da emoção e da adrenalina do jogo.

Anterior 10 características empreendedoras fundamentais para o sucesso de qualquer negócio
Próxima Peças de moda praia precisam de cuidados especiais: 5àsec ensina como lavá-las corretamente