Pular para o conteúdo

Senac Barretos

Aumenta intercâmbio para estudo e trabalho em língua inglesa

Em universidades ou empresas, requisito primordial para participar do programa é comprovar a proficiência no idioma

Segundo pesquisa realizada pelo Student Travel Bureau (STB), a procura de brasileiros por programas de intercâmbio cresceu 30% em 2022 em comparação ao ano passado. Estados Unidos, Canadá e Inglaterra são as principais nações buscadas por quem deseja estudar ou trabalhar fora do seu país de origem.

O aumento foi constatado a partir de vendas e embarques internacionais voltados a programas de intercâmbio. Junto a isso, de acordo com levantamento da Eagle Intercâmbio, startup do Vale do Silício formada por brasileiros, pesquisas mostram uma alta de 152% na busca pela entrada nos EUA. O Brasil ocupa o quarto lugar na lista das nações que mais migram para esse destino.

Um dos requisitos primordiais para participar de intercâmbios em universidades é a comprovação do domínio da língua estrangeira por meio de teste de proficiência. Dessa maneira, fazer um curso de inglês pode ser um aspecto-chave para quem deseja se aventurar nos estudos e trabalhos fora do país.

Segundo o STB, jovens estão procurando mais por cursos de idiomas com mais de 14 semanas de duração, aumentando as chances de conseguir um resultado mais elevado no teste.

Renda aliada aos estudos

Em entrevista à imprensa, Christina Bicalho, diretora de operações do STB, afirma que diversos países, como Canadá, Austrália e Alemanha, desenvolveram programas de imigração pautados no estudo para incentivar e atrair profissionais qualificados.

Mais informados sobre as possibilidades para estudantes estrangeiros em instituições de ensino no exterior, brasileiros perceberam que vale a pena investir em uma formação internacional, principalmente para quem deseja turbinar o currículo e ampliar oportunidades de atuação para além do Brasil.

Canadá é um dos destinos preferidos dos brasileiros para fazer uma graduação ou pós. Para Bicalho, a popularidade é atribuída ao fato de o destino ser receptivo com estrangeiros, aberto à diversidade e por oferecer oportunidades para quem busca uma residência permanente e qualidade de vida.

Por lá, alunos que se matriculam em uma faculdade podem trabalhar durante meio período, seus cônjuges por período integral e os filhos têm escola gratuita.

A busca de estudantes brasileiros por intercâmbio na Austrália também aumentou. Para essa localidade, a procura cresceu 50% de janeiro a agosto de 2022 em relação ao mesmo período em 2021.

A alta é devido à possibilidade de encontrar vaga de emprego para aliar renda aos estudos. Além disso, a baixa dificuldade para obter o visto é um aspecto que influencia na tomada dessa decisão.

Importância da proficiência

Os testes de proficiência em inglês são aplicados para medir o conhecimento no idioma. Assim, empresas, instituições e países podem avaliar se o interessado tem mesmo condições de ingressar naquele ambiente e se comunicar com eficiência.

Dessa forma, o exame verifica o nível de destreza do candidato em uma língua estrangeira e suas habilidades de fala, escrita, audição e leitura. As avaliações são necessárias por quem deseja ter uma experiência fora do país de origem porque, na maioria das vezes, o certificado de proficiência é exigido para o ingresso em diversas instituições de ensino do exterior.

Vale ressaltar que os testes não aprovam ou reprovam ninguém. De modo geral, as provas contam com uma pontuação que revela o nível de proficiência de cada candidato. O sistema de pontos pode variar de acordo com o teste, e cada instituição estipula uma nota de corte.

Exemplos de exames de proficiência em inglês bastante conhecidos no mundo são o Test of English as a Foreign Language (TOEFL) e o International English Language Testing System (IELTS). No entanto, existem outras avaliações que podem ser escolhidas conforme as preferências do estudante.

Os testes TOEFL, IELTS e Cambridge são recomendados para fins de estudo, como a entrada em universidades internacionais; já o EF SET e o TOEIC para objetivos profissionais. Após escolher qual a prova mais adequada a cada meta, é preciso fazer a inscrição e agendar o teste.