Pular para o conteúdo

Senac Barretos

Diga adeus à gordura localizada nas pernas

Cirurgia plástica remodela e tonifica pernas, deixando-as mais simétricas

Muitas dúvidas surgem após a decisão de harmonizar ou modelar alguma parte do corpo com a cirurgia plástica. Qual o melhor método de procedimento? Quanto tempo é necessário para a recuperação? Qual é o melhor período para realizar a intervenção? Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), há um aumento pela busca de procedimentos estéticos em períodos climáticos mais frescos, resultando em um número expressivo de cirurgias plásticas realizadas durante o inverno.

Uma das principais queixas e um dos motivos da procura por cirurgias plásticas são as temíveis gorduras localizadas. Exercícios físicos e alimentação equilibrada são itens essenciais e fatores determinantes para a qualidade de vida de todas as pessoas — entretanto, em alguns casos, apenas as atividades de musculação não são eficazes na perda de gordura localizada. A dermolipectomia das coxas é o procedimento que modela e reduz o excesso de pele e gordura, ideal para quem sonha com pernas torneadas.

“Apesar de praticar atividade física e cuidar da alimentação, algumas pessoas têm contornos considerados desproporcionais, que são acúmulos de gordura localizada, por essa razão, escolhem fazer a cirurgia que elimina esse excesso”, comenta Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica. O período de recuperação do procedimento pode variar de um a dois meses, sendo os dez primeiros dias de descanso total. Durante todo o período, é necessário utilizar as cintas e evitar ao máximo o contato da cicatriz com o Sol.

O procedimento de dermolipectomia das coxas é uma opção também para pessoas que foram submetidas a grandes perdas de peso, como pacientes de bariátrica, e que sofrem agora com o excesso de pele entre as coxas. Nesse caso, a cirurgia plástica representa uma melhora na qualidade de vida e retomada da autoestima. Não se trata apenas de aparência, mas da manutenção do autocuidado e do bem-estar.

Questões estéticas ou de saúde estão motivando cada vez mais pessoas a realizarem o sonho da mudança na aparência. Além disso, hoje existem ainda mais motivadores facilitando o acesso às cirurgias. Um deles é a possibilidade de contar com uma assessoria administrativa e financeira para intermediar os custos dos procedimentos, tornando todo o processo muito mais simplificado e acessível. “Atualmente, existem empresas que cuidam especificamente de assessoria administrativa para esta área de procedimentos cirúrgicos, como é o caso do Centro Nacional — Cirurgia Plástica, que torna o processo eficiente, possibilitando o pagamento em parcelas sem que seja necessário comprometer o orçamento”, explica Korn.

Assim como qualquer outro procedimento que envolva saúde, é necessário se atentar ao profissional e aos cuidados pós-cirúrgicos para atingir um resultado satisfatório. “É preciso considerar também que, para que o resultado corresponda ao esperado, os cuidados com o pós-operatório devem ser mantidos cuidadosamente e vistos como essenciais para a satisfação do paciente. Se esses cuidados não forem bem-feitos, isso influenciará diretamente no resultado da cirurgia”, afirma o diretor.