Começa o conserto da torre de TV

Na segunda feira, dia 16, foram abertas as propostas das empresas e para e a vencedora fixou o prazo de 10 dias para a entrega da nova torre de TV. O custo da estrutura metálica da torre foi estimada em R$ 50 mil e de acordo com fontes da Prefeitura em mais alguns dias as transmissão dos canais abertos deve ser normalizada.

Esta semana a Prefeitura de Guaíra anunciou que ocorreu um processo licitatório de emergência para solucionar o problema na transmissão de sinais abertos de TV. Concomitante ao tramite burocrático a administração já começou a preparação do local para receber a nova torre, executando a obras especiais para receber a estrutura de 36 metros de altura.

A fundação é feita com um único buraco sendo uma ilha de terra no centro, e de acordo com as condições de solo, esta é uma das medidas para que a torre fique mais resistente aos ventos.

Na segunda feira, dia 16, foram abertas as propostas das empresas e para e a vencedora fixou o prazo de 10 dias para a entrega da nova torre de TV. O custo da estrutura metálica da torre foi estimada em R$ 50 mil e de acordo com fontes da Prefeitura em mais alguns dias as transmissão dos canais abertos deve ser normalizada.

Torre

A torre que retransmitia os sinais das TVs abertas para Guaíra foi erguida em 1983, quando era prefeito, Dr. Fábio Talarico. Anteriormente Guaíra sintonizava os canais, Globo e Cultura transmitidos pela torre de Barretos e a extinta Manchete por Uberaba. Eram necessárias antenas altas, em alguns casos haviam torres de 15 e até 20 metros nas casas e o sinal era em VHF.

Depois da instalação da torre em 1983 Guaíra passou a sintonizar canais como SBT (na época TVS), Record, Bandeirantes e Manchete em UHF (mesmo sinal analógico usado até hoje). Com o passar dos anos mais transmissores foram instalados, tais como Bandeirantes e Record Regional, Rede TV! (substituindo Manchete), Record News e Rede Vida.

No entanto, de acordo com a Prefeitura, a estrutura da torre com 29 anos estava deteriorada e os ventos com até 140 quilômetros de velocidade só vieram dar fim a uma estrutura que agonizava.

Paulo Sérgio Rodrigues (Mtb – 31768)

Publicidade:
Anterior Clube Maracá tem leilão marcado para o dia 18/abril
Próxima Busque inspiração