Dificuldades na atenção a Dengue

A preocupação com a dengue no município é cada vez maior entre os profissionais da saúde. O temor é que casos complicados comecem a aparecer em meio a tantos doentes e algumas dificuldades no controle da doença.

A preocupação com a dengue no município é cada vez maior entre os profissionais da saúde. O temor é que casos complicados comecem a aparecer em meio a tantos doentes e algumas dificuldades no controle da doença.

O protocolo de atendimento dos pacientes exige que os médicos ou enfermeiros notifiquem todos os casos suspeitos pois, é através da notificação que a Vigilância Epidemiológica é imediatamente acionada para fazer o controle mecânico da região afetada. É imperativo que, depois de atendido, o paciente seja entrevistado para preenchimento do formulário. Acontece que há indícios de serviços de saúde, principalmente clínicas particulares, que não estão cumprindo esta exigência do Ministério da Saúde.

Além disso, ainda é grande a recusa a entrada de agentes de saúde nos domicílios e a existência de domicílios fechados. Em alguns municípios há um decreto que regulamenta a entrada forçada em locais de potencial risco a saúde pública, respaldando as autoridades em saúde, e garantindo ajuda policial, multa e outras medidas punitivas. Acontece que esta medida deve partir de cada governo municipal, passando pela Câmara de vereadores se for o caso de um projeto de lei. O Governo Federal recomenda a ação mas a decisão final da instituição da lei é do gestor local. Não temos este decreto funcionando em Guaíra apesar de já ter sido sugerido pelas equipes de saúde.

Para sua proteção a população tem que estar consciente, destruindo os focos de larva de suas propriedades ( joguem jatos de água nos ralos e hipoclorito também, pois os ralos tem sido grandes ninhos de larvas), colaborando com a vigilância municipal e exigindo a notificação dos casos.

Publicidade:
Anterior Circo Brasiliense, platéia juvenil
Próxima Veja os resultados do Campeonato Regional de Judô realizado em Jales no dia 21/04/2012