Dengue chega a 127 casos e Prefeitura fortalece o combate

A Prefeitura atribui o aumento no número de casos a recusa de moradores em permitir a entrada dos agentes da Central de Vetores, seja para o trabalho de verificação casa a casa ou de pulverização de inseticida.
Agentes estão sendo impedidos de fazer pulverização e trabalho de casa a casa por moradores sem consciência
Agentes estão sendo impedidos de fazer pulverização e trabalho de casa a casa por moradores sem consciência
Agentes estão sendo impedidos de fazer pulverização e trabalho de casa a casa por moradores sem consciência
Agentes estão sendo impedidos de fazer pulverização e trabalho de casa a casa por moradores sem consciência

Na última sessão os vereadores conclamaram o povo ajudar no combate á dengue, e naquele dia, 17 de abril os parlamentares cogitavam que existia mais de 100 casos em nossa cidade. Ontem a equipe de Controle de Vetores confirmou que o município já registrava 127 casos positivos e aguardava o resultado de outros 47 suspeitos. Um número superior ao ano passado inteiro, que registrou 60 casos.

A Prefeitura atribui o aumento no número de casos a recusa de moradores em permitir a entrada dos agentes da Central de Vetores, seja para o trabalho de verificação casa a casa ou de pulverização de inseticida.

O maior número de casos foi registrado nos bairros “Vivendas do Bom Jardim”, “Centro” e na região do “Aniceto Carlos Nogueira”, “Luiz Afonso” e “Tonico Garcia”.

A tática do combate à dengue tem sido as varreduras e pulverizações, porém mesmo com as equipes indo às ruas, aproximadamente 40% das residências visitadas estão fechadas ou os munícipes se recusam a permitir a pulverização, comprometendo a eficácia do trabalho.

Em 2011 os agente fizeram arrastões de limpeza em todos os cantos da cidade. Uma medida, que de acordo com o departamento surtiu resultado nos bairro que mais abriram as suas portas para os agentes.

Na sessão do dia 17, os vereadores, usaram parte de seus pronunciamentos para conclamar à população a aderir ao combate à dengue. Pediram a imprensa para fazer campanha e o prefeito José Carlos também fez o seu apelo: “É essencial conscientizar a população da importância de um ambiente limpo e sem produtos que possam causar a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Peço encarecidamente à toda população que nos apoie e abra suas casas para as varreduras e pulverizações, contribuindo assim para eliminar esse problema em nossa cidade”.

por Paulo Sérgio Rodrigues (Mtb: 31768)

Publicidade:
Anterior A Importância do planejamento familiar e da educação na sociedade moderna
Próxima Equipe de Guaíra goleia e se classifica para a 2ª fase da Taça EPTV de Futsal