Prefeitura vai disciplinar uso do parque Maracá


proibido estacionar parque (5)

Após resgatar da planta original de Burle Marx para o parque Maracá, a Prefeitura quer disciplinar o uso do espaço público. Com a paralisação do projeto, na segunda metade da década de 1990 o uso do parque, também deteriorou. Carros transgredindo a lei transitam dentro do parque prejudicando a circulação de pedestres e avariando os equipamentos de uso público.

O parque tem vocação para o lazer familiar e a prática de esportes. Um local para a promoção da saúde e inteiração social, o que é disvirtuado com uma verdadeira exposição de veículos e seus potentes aparelhos sonoros sobre a grama nos finais de semana.

A Prefeitura está começando a instalar as placas de proibição de trânsito e estacionamento de veículos nas dependências do parque Maracá. O plano é intensificar o patrulhamento no horto aplicando as sanções cabíveis para a transgressão.

Esta é uma das ações que o prefeito, Sérgio de Mello está efetivando consoante à criação de um plano diretor para o parque Maracá, uma das pautas do Condema – Conselho Municipal de Meio Ambiente – ato que visa a conservação e desenvolvimento do parque urbano mais importante do município.

A diretoria do Condema, especialmente o presidente, Nilton Toste apoia a iniciativa de um instrumento básico que tem como objetivo evitar que o patrimônio ambiental num privilegiado espaço urbano seja desfigurado e perca o sua função essencial que é promover  a interação das pessoas com o meio ambiente, avivando as relações sociais da comunidade guairense.

fonte: Departamento de Comunicação da Prefeitura de Guaíra

Publicidade:
Anterior Projeto Água e Gestão está com inscrições abertas para 10 cursos gratuitos
Próxima REFÉM - Episódio 5 (final) - Porta dos Fundos