O velho lema “Paz e Amor” está de volta no Tributo aos 45 anos de Woodstock

Rio Preto e região relembram o mais famoso festival de rock do mundo durante o evento “Woodstock Remember and Old Rock”

woodstock

 

Com certeza os velhos hippies esperaram ansiosamente por 2015, esse ano comemora-se 45 anos do maior festival de rock do mundo, o Woodstock. Realizado em 1969, o festival aconteceu nos dias 15, 16 e 17 de agosto e reuniu milhares de pessoas em uma fazenda localizada em uma cidade de Bethel, a 130 quilômetros de New York. Regado ao que já existiu de melhor no Rock and Roll mundial, o Woodstock reuniu artistas como Janes Joplin, Neil Young, The Who, Joe Cocker, Santana, Jimi Hendrix entre as mais de 30 bandas que subiram ao palco e levaram ao delírio o público presente, mesmo embaixo de chuva. “Foi um movimento de contracultura em respostas às atrocidades cometidas pelos soldados norte-americanos durante a Guerra do Vietnã. Esse foi o epicentro para a existência do festival, deve-se considerar o importante legado que o evento deixou ao cenário cultural. O evento ficou imortalizado na história da música”, explicou Branca Pitt, uma das organizadoras do evento que ganhou o nome de “Woodstock Remember and Old Rock”.

Mas por que esse festival que nasceu, inicialmente, sem investidores e idealizado por quatro jovens se tornaria o maior evento mundial do rock? Basta lembrar que o final dos anos 60 foi conturbado, os Estados Unidos estavam em Guerra, havia muitas pessoas morrendo ao defender seu país nos campos de batalha. O Woodstock marcou o fim de uma era onde se acreditava que a paz e o amor reinariam e todos viveriam em um mundo solidário e anti-materialista.

Muitas pessoas mergulharam no Woodstock, viveram aquilo intensamente, durante os três dias em que nada poderia atingi-los e que tudo era permitido, prova disso é que foram vendidos 180 mil ingressos para o evento, porém, o público real foi de mais de 450 mil pessoas, dentre elas, a grande maioria, penetras que decidiram curtir o festival sem ingresso, e escorregar na lama como se não houvesse amanhã. O Woodstock superou todas as expectativas. O evento incitou os jovens contra a guerra e a favor do amor, mostrando para eles que os jovens tinham o poder.

Mesmo de longe, pessoas de nossa região sonhavam em estar presente naquela fazenda no interior do EUA, afinal, o sonho “paz e amor” e o bom e velho rock n´roll agradavam a maioria dos jovens daquela geração. “Surgiu a ideia de criar em Rio Preto um tributo com o intuito não só de relembrar esse grande marco do rock, mas também mostrar e valorizar grandes bandas e grandes músicos que temos em nossa região. Queremos fazer uma comemoração do que foi o Woodstock e não uma cópia do que ele foi”, conta Branca.

Para quem não pôde estar presente, mas ainda sonha com aqueles três dias memoráveis na história mundial, a oportunidade é o Tributo aos 45 anos de Woodstock a ser realizado em Rio Preto. O evento ganhou o nome de “Woodstock Remember and Old Rock” respirando nostalgia e regado à ótima música. A festa será realizada nos dias 24 e 25 de janeiro com bandas como Os Ortodoxos, Centro da Terra, Estação da Luz, Groove Street, Arcage, Big Blues e Tai Aragão, Road Brothers e DJ Marcinho, entre outras bandas. “A expectativa de público é grande, temos tido um grande retorno nas redes sociais, dos mais jovens que desconhecem o festival e do pessoal mais antigo que viveu aquela época. A ideia é passar para as pessoas que ainda não sabem o que foi o Woodstock, o quanto ele teve importância política e musical marcando de fato uma era e fortalecer uma cultura de boa música e paz”, explicou a organizadora.

O evento oferecerá uma estrutura completa para o público que deseja escutar música de qualidade com conforto, tendo como parâmetro claro, o festival original. “Pensamos em tudo para o evento, teremos o espaço para os stands que terão moda e acessórios voltado ao segmento, artistas com malabares, artesões, tatuadores fazendo tatoos na hora e tudo isso com total segurança. Ao contrário do evento original, teremos praça de alimentação, muitos banheiros e acredito que nenhuma lama”, se diverte Branca ao contar sobre o evento.

Então, se você não viveu nessa época ou quer relembrar o que foi os anos 60, confira a programação do evento e sinta um pouco da emoção do que foi participar do Woodstock:

Local: Clube de Campo do SEAAC – Marginal de Talhados – a 3 Km da BR- 153

Sábado 24/01 – 17H00 às 03H00

Apresentações: Road Brothers, Os Ortodoxos, Big Blues + Tai Aragão (especial Janes Joplin) e Centro da Terra (especial Jimi Hendrix).

Domingo 25/01 – 15H00 às 00H00

Apresentações: Arcage, Groove Street, Estação da Luz e Dj Marcinho.

O 1° Lote de ingressos está à venda na Prata Mil, Tattoo 36, A Gringa, Empório Chá Bar e no Armazém do Som.

Ingresso único: R$30,00

Ingresso Duplo: R$50,00

Publicidade:
Anterior CPFL e Prefeitura farão inspeção e reparos na iluminação pública
Próxima Sérgio começa a ouvir sociedade na formulação do plano diretor do Parque Maracá