GRANDE NOME DO BASQUETE NACIONAL ASSUME O RED TEAM DE GUAÍRA

Ratto, armador da Seleção Brasileira de Basquete durante dez anos, assumiu o compromisso de dirigir tecnicamente o RED Team, campeão da Copa Revelar de Ribeirão Preto no ano passado e campeão dos Jogos Regionais da região de Ribeirão Preto.

pg-4-principal-Ratto

A apresentação do novo técnico André Luís – o Ratto -, grande nome do basquete nacional, ocorrerá no próximo dia 23 na abertura da Copa Revelar no Ginásio Municipal de Esportes em Guaíra, quando haverá dois jogos, um deles da equipe Sub-17 do Red Team contra Cravinhos e o outro do time adulto contra Guará.

“O Ratto não será apenas técnico; também poderá jogar”, informou o presidente do RED, Paulo Henrique Rodrigues Caetano.

O ex-jogador da Seleção Brasileira de 1992 a 2001, que participou da última Olimpíada em 1996 em Atlanta, nos Estados Unidos, e foi atleta do Flamengo, do Ajax de Goiânia, do Brasília e outras equipes, mas, que deixou sua marca na Seleção Brasileira jogando em Toronto no Canadá, em Atenas na Grécia, ganhou títulos como o Campeonato Pan Americano em 1999 em Winnipeg no Canadá, conquistou a Copa América em 1993 e 97, o Goodwill Games em 1994 e 98, a Copa Sul Americana quatro vezes entre 1993 e 1999 é um grande trunfo para Guaíra para onde se mudou há seis meses a fim de se integrar ao Projeto Futuro Olímpico realizado através do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM – e o ABAT (Alto Tietê) que protocolou o projeto junto ao governo federal.

QUASE MIL

O Projeto Futuro Olímpico foi iniciado em setembro de 2014 e já envolve 992 jovens que disputam dezoito modalidades esportivas, informa Paulo Henrique Caetano. O projeto tem quatro patrocinadores oficiais que são o Grupo Colorado, Aguetoni, Rodotac e Transmob. Esse apoio tem sido importante para manter as crianças e adolescentes animados e em constante aperfeiçoamento nas modalidades que escolheram. “A previsão é de crescimento, envolvendo um número mais acentuado de jovens”, revela.

“Está sendo uma ótima oportunidade para proporcionar uma atividade útil a menores em situação social delicada”, segundo palavras de Ratto. No caso do basquete, o projeto envolve 120 jovens que são colocados em constante mobilização, com vistas a chegar ao patamar das competições e representar a cidade de Guaíra. No basquete se encontram cinquenta atletas mirins. “Os jovens treinam com afinco pensando em entrar no ‘time do Ratto’, nome que admiram e em que se apoiam”, acrescenta Paulo Henrique, entusiasmado diante da possibilidade do surgimento de resultados positivos no projeto olímpico e até na ascensão de jovens esportistas que abraçam a oportunidade com carinho.

Busca de recursos junto a empresas para alavancar o esporte

O esforço dos esportistas que integram o Projeto Futuro Olímpico vai se intensificar em outra atividade essencial para que alcance mais destaque. O Red Team conta com doze atletas, sendo seis de Guaíra e os demais de Franca, Orlândia, Colina e Barretos. O presidente do Red, Paulo Henrique Rodrigues Caetano, vai iniciar um movimento junto a empresas da cidade em busca de patrocínio para a próxima temporada que vai durar oito meses, terminando em dezembro. Essa mobilização ocorre intensivamente na próxima semana. O tempo é curto para definir os patrocinadores e colocá-los na camisa do Red Team para o primeiro jogo já no próximo dia 21 pela Copa Revelar de Basquete de Ribeirão Preto.

A equipe Sub-17 jogará às 15h contra Cravinhos e, na partida de fundo, a equipe adulta enfrentará Guará às 16h30. Será a primeira intervenção de Ratto como técnico do Red Team. A partir daí, a caminhada será de oito meses rumo a mais um título da equipe principal.

APOIO OFICIAL

Paulo Henrique informou que tem sido importante contar  com o apoio da Coordenadoria Municipal de Esportes. “O coordenador Alessandro Camilo tem-nos atendido com a infraestrutura, transporte e alimentação de atletas além das taxas de arbitragem. É tudo o que pode ser feito oficialmente por enquanto”, frisou.

EMPRESÁRIOS

Os dirigentes esportivos do Projeto Futuro Olímpico depositam suas esperanças nos empresários de forma a garantir os recursos suficientes para manter acesa a chama do esporte em Guaíra. “A cidade carece disso, uma atividade esportiva que lhe traga mais destaque”, completa.

fonte: Jornal A CIDADE

Publicidade:
Anterior GUAIRA REGISTRA O PRIMEIRO HOMICÍDIO DO ANO - HOMEM É ESFAQUEADO NA VILA APARECIDA
Próxima PAT de Guaíra divulga oportunidades de emprego