Por que aprender a escrever códigos é importante?

Os códigos mudaram a vida de todos nós. O e-mail enviado com seu currículo em anexo, o uso das redes sociais e as melhorias na medicina por causa da tecnologia, são provas disso.

blog-código

O Livox, aplicativo desenvolvido pelo brasileiro Carlos Pereira, é um exemplo de como os códigos podem colaborar significativamente com a vida em grupo. Segundo a Folha de São Paulo, o analista de sistemas criou um app para que a filha de seis anos, portadora de paralisia cerebral, pudesse se comunicar de uma forma eficiente.

Quando uma pessoa com deficiência usa o Livox e toca na tela do tablet, um algaritmo inteligente calcula com quantos dedos ela está teclando, por quanto tempo, se eles se arrastam ou não, e corrige o toque como se estivesse lendo o comando. O projeto deu tão certo que Carlos foi premiado pela ONU como o melhor aplicativo de inclusão social do mundo em fevereiro deste ano.

Na palestra do TED Vamos ensinar crianças a escrever códigos, Mitch Resnick, diretor do grupo Lifelong Kindergarten no MIT Media Lab, fala sobre a importância da programação no dia a dia. Para ele, os jovens interagem facilmente com a tecnologia, mas não se expressam tão bem quando a usam. Seria como se eles pudessem ler, mas não conseguissem escrever. Isso tem sido cada vez mais percebido e, aprender a usar os códigos está ganhando cada vez mais relevância na

Mitch desenvolveu em conjunto com um grupo de pesquisa um software que ensina programação de uma forma fácil e divertida, apenas juntando blocos. Com o Scratch você pega um bloco em movimento, o associa a um conjunto e, esse conjunto, controlará o comportamento de diferentes personagens de um jogo que você mesmo está criando, por exemplo. Isso não serve apenas para games; na plataforma é possível criar projetos escolares, histórias animadas e ensinar trigonometria ou arte.

O projeto leva a criança ou o jovem – e até mesmo adultos – a programar, desenvolver tecnologia, aprender sobre outras áreas e perceber o quanto isso é bom. Sem preconceitos, sem achar que escrever códigos é difícil.

Outras organizações também têm mostrado que essa atividade é essencial. O projeto internacional Hour of Code, por exemplo, contou com o presidente dos EUA, Barack Obama, para mostrar que qualquer um pode programar, difundindo essa ideia pelo mundo.

Mas você deve estar se perguntando: Por que Obama precisa aprender a programar se ele não trabalha com tecnologia?

A resposta é bem simples. Esse tipo de atividade ajuda a aprimorar o pensamento e ajuda a usar mais o lado esquerdo do cérebro. Escrever e debugar um código nada mais é do que resolver problemas. Quando você programa, deve estar mais atento para evitar erros e, quando os encontra, precisa achar a melhor forma de resolvê-los.

No artigo Por que você precisa aprender a programar neste exato momento?, publicado pelo site Brasil Post, o protagonismo do autor também é destacado. Quando se olha ao redor, coisas que foram construídas por outras pessoas são vistas, elementos que tiveram a tecnologia como suporte e, consequentemente, a programação. Mas, nada disso foi criado por você.

A criatividade também deve ser levada em conta. Quando alguém começa a programar, a liberdade criativa passa a ser infinita e levada para a vida toda, mudando a forma de pensar e de analisar o mundo. Os benefícios são tantos que não faltam motivos para aprender a escrever códigos.

Ficou empolgado e quer saber mais sobre o assunto? Então assista ao vídeo:

fonte: BLOG DA LOCAWEB

Publicidade:
Anterior Romeu Tamelini volta a expor suas obras no North Shopping Barretos
Próxima Google lança SMART BOX - Sua caixa de correio inteligente