bancarios em greve

O Sindicato dos Bancários de Barretos confirmou hoje que a reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro com a Federação Nacional dos Bancos, a Fenaban, ocorrida na tarde desta quarta-feira, terminou sem acordo e os bancários decidiram manter a greve, que entra no 24º dia.

A greve dos bancários já atinge 13.254 agências e 28 centros administrativos. O número representa 57% dos locais de trabalho em todo o Brasil.

A greve já é mais longa do que a realizada no ano passado, que durou 21 dias. Enquanto isso, os usuários, que são os mais prejudicados, continuam buscando recursos em Lotéricas, Agências de Correios e Correspondentes Bancários, que, além de serviços parciais, não têm um mínimo de segurança.

fonte: Rádio Cultura de Guaíra