Como liderar jovens nos dias de hoje

O líder é a fonte de energia de seus colaboradores

As pessoas do grupo, de maneira geral, o observam mais do que qualquer outra pessoa na organização. Nesse sentido, uma mudança de expressão ou tom de voz tem impacto direto no comportamento da equipe e pode auxiliar no desenvolvimento da equipe.

A liderança é uma tarefa difícil, pois dizer às pessoas como elas devem executar suas tarefas, coordenar para que façam da maneira adequada, dar feedback, entre outras iniciativas, são atribuições que exigem clareza e coerência para equilibrar os objetivos da organização com as expectativas dos funcionários.

Quando se trata dos jovens, essa tarefa pode ser ainda mais complexa. Para Ruy Leal, superintendente do instituto Via de Acesso, esta é uma geração que tem diversos pontos a serem observados, que podem fazer com que exista um engajamento ainda maior do que as gerações anteriores ” Esses profissionais buscam lideres que andam lado a lado, conversam, se interessam por suas aspirações profissionais e pessoais. Esses aspectos fazem que se sintam mais impulsionados, inspirados, prestativos e cooperativos.” conclui.

Quando esses mesmos jovens deixam de apresentar um comportamento adequado, cabe ao líder fazer comentários úteis em vez de deixar o momento passar, tratando-o como incapaz de aperfeiçoamento.

O espaço dos jovens no mundo do trabalho vem aumentando significantemente, porém manter esses profissionais, com “sede” de informação e novidades, é difícil, por isso as empresas devem cada dia mais, investir em mudanças que vão da estrutura física de suas unidades à visão e gestão dessa garotada.

Algumas dicas:

  • Ao invés de proibir o uso de tecnologias, estimule-o a usá-las de forma colaborativa;
  • Delegue atividades e esteja aberto para ouvir sugestões e novas ideias;
  • Forneça feedback claro e direto, faça perguntas e estimule-o a participar desse processo;
  • Crie um ambiente agradável e motivador;
  • Investir em uma cultura flexível para reter esses talentos.

Ruy Leal é formado em Publicidade, Propaganda e Marketing pela FAAP, cursos de especialização em direção de marketing pela FGV SP, economia pela FIPE USP e MBA em Marketing de Serviços pela ESPM. Foi Diretor da APARH DF e Conselheiro da APARH SP. Tem artigos publicados em jornais e revistas de RH. Atua há mais de 30 anos no trabalho de capacitação de jovens para o ingresso no mercado de trabalho e na orientação de profissionais de Recursos Humanos e educadores sobre programas de estágios, coaching e mentoring. Com obras publicadas em diversos países, é autor dos livros “Condutores do amanhã jovens que entram e dão certo no mercado de trabalho”, “Superdicas para empreender seu próprio negócio”, Superdicas para o Jovem Escolher Bem sua Profissão e Jovens Digitais. Atualmente é Superintendente Geral do Instituto Via de Acesso, organização da Sociedade Civil de caráter sócio-educacional e de assistência social de Interesse Público.

Publicidade:
Anterior Medicamentos intoxicam duas pessoas por hora no Brasil
Próxima Detonautas é mais uma atração confirmada na programação musical do 16º Barretos Motorcycles