Viajar é uma das melhores maneiras de conhecer e se conectar com novas culturas.

Porém, muitas vezes, alguns fatores acabam atrapalhando os planos de quem pretende conhecer o mundo e um deles é o orçamento. Por conta desse dilema, atualmente existem algumas formas de viajar sem ter que arcar com todos os gastos, uma delas é por meio do Turismo de Propósito.

O termo foi desenvolvido pela Worldpackers, plataforma que conecta anfitriões e viajantes interessados em trocar habilidades por acomodação, e visa, por meio das viagens, promover o desenvolvimento pessoal e inspiracional das pessoas.

Para o cofundador da empresa, Eric Faria, viajar vai além de visitar e conhecer novos lugares, é uma jornada de crescimento e conhecimento.

Com a missão de desenvolver essa imersão cultural entre os turistas, a Worldpackers conecta os viajantes a mais de 4 mil anfitriões de hostels, hotéis, pousadas, ONGs e casas de família, em mais de 170 países, que trocam a acomodação por demandas relacionadas à produção de conteúdos de marketing, cuidados com crianças, serviços de voluntariado, cuidados com animais, recepção de hóspedes, cozinha, organização de festas e eventos, ensino de idiomas, entre várias outras habilidades.

Segundo Eric, o Turismo de Propósito tem como objetivo gerar experiências de desenvolvimento pessoal e humano. “Quando viajamos com um propósito, o intercâmbio cultural vai além do turismo tradicional. Essa experiência nos ajuda a crescer, amadurecer e nos inspira a participar da criação de um mundo melhor para todos”, finaliza o executivo.

Sobre a Worldpackers
Fundada em 2014 por Eric Faria, Ricardo Lima e João Machini, a Worldpackers é uma plataforma que conecta anfitriões e viajantes interessados em trocar suas habilidades por acomodação, e visa, por meio das viagens, promover o desenvolvimento pessoal e inspiracional das pessoas. A empresa é líder na América Latina, com presença em 170 países, mais de 1 milhão de viajantes cadastrados e possui mais de 4 mil parceiras pelo mundo.