Coreia do Sul, Taiwan, Marrocos, Estados Unidos e México são os principais destinos para comida de rua no mundo

Chef Helena Rizzo, do estrelado restaurante Maní, dá dicas de como valorizar o alimento das ruas

Um dos jeitos mais rápidos, simples e baratos de experimentar o sabor local durante uma viagem é se aventurando na comida de rua e nos food trucks.

Segundo pesquisa da Booking.com, líder mundial em conectar os viajantes com opções incríveis de lugares para ficar, quase metade (46%) dos viajantes brasileiros está disposta a procurar mercados que ofereçam comida de rua e 45% querem ser mais aventureiros no tipo de comida que experimentam durante suas viagens em 2018. E não há como negar: comida de rua e aventura andam lado a lado.

Pensando nisso, a Booking.com mergulhou em suas milhões de avaliações de viajantes reais e selecionou os principais destinos para curtir essas experiências culinárias únicas. Quando o assunto é comida de rua no geral, o topo da lista fica com a cidade de Jeonju, na Coreia do Sul, seguido por outra cidade asiática, Hsinchu, em Taiwan.

A medalha de bronze ficou com Marrakesh, no Marrocos, com suas clássicas barraquinhas de comida na praça Jeema El Fna (veja ranking completo abaixo).

Já quando o assunto é comida de rua limitada aos food trucks, um dos principais destinos listados pelas recomendações dos viajantes é São Paulo.

A cidade paulistana fica atrás apenas da vanguardista Portland, nos Estados Unidos, e à frente de Seul, na Coreia do Sul (veja ranking completo abaixo).

Principais destinos para comida de rua

Principais destinos para food trucks

Jeonju, Coreia do Sul

Portland, EUA

Cidade de Hsinchu, Taiwan

São Paulo, Brasil

Marrakesh, Marrocos

Seul, Coréia do Sul

Nova York, EUA

Bangkok, Tailândia

Cidade do México, México

Istambul, Turquia

Para Helena Rizzo, chef do restaurante Maní, em São Paulo, a metrópole paulistana é uma referência na gastronomia, incluindo a feita nas ruas.

A chef elege a feira de rua no bairro da Liberdade um dos lugares principais para comida de rua. “Aproveite para provar uns takoyakis, bolinhos de polvo feitos na hora e vendidos em barraquinhas”, sugere.

Valorizar o alimento

Além de comprar o alimento pronto, a chef incentiva também o passeio por feiras livres em ruas e praças para garantir ingredientes mais ricos e nutritivos. “Uma delas é a Feira de Orgânicos do Parque da Água Branca. É um exemplo vivo de comércio justo, que aproxima a população urbana do campo, e onde se pode escolher hortaliças bem cultivadas (sem uso de agrotóxicos), realmente sazonais (quando estão mais saborosas e saudáveis), sem edição (porque há variedades não encontradas no supermercado) e comprar da mão de quem os plantou”, conclui.

Sobre a Booking.com:

Fundada em 1996 em Amsterdã, a Booking.com B.V. cresceu a partir de uma pequena start-up holandesa para ser uma das maiores empresas de e-commerce de viagens do mundo. Parte da Booking Holdings (NASDAQ: BKNG), a Booking.com agora possui mais de 17.000 funcionários em 198 escritórios em 70 países.
Com a missão de empoderar pessoas a vivenciar o mundo, a Booking.com investe em tecnologia digital que ajuda a facilitar o processo de viagem. Na Booking.com, conectamos os viajantes com a maior seleção de lugares incríveis para ficar do mundo todo, incluindo desde apartamentos, casas de temporada e cama e cafés (B&Bs) de gestão familiar até resorts de luxo 5 estrelas, casas na árvore e até iglus. O site e os aplicativos da Booking.com estão disponíveis em 43 idiomas, oferecem mais 28.8 milhões de anúncios reportados no total e abrangem mais de 138.000 destinos em 229 países e territórios no mundo todo.
Todos os dias, mais de 1,5 milhão de diárias são reservadas em nossa plataforma. Independentemente de viajar a negócios ou a lazer, os clientes podem reservar instantaneamente sua acomodação ideal de maneira rápida e fácil com a Booking.com, sem taxas de reserva e com a nossa promessa de cobrirmos o menor preço. Através da nossa equipe de apoio ao cliente, a Booking.com está disponível 24 horas por dia, todos os dias para apoio e suporte a nossos clientes em 43 idiomas, a qualquer hora do dia ou da noite.
Siga-nos no Twitter e no Instagram, dê uma curtida no nosso Facebook, e para as últimas notícias, dados e dicas, por favor, visite nosso site geral de notícias