“A identificação precoce dos casos é de vital importância para tomar decisões e implementar medidas de maneira oportuna, visando principalmente ao controle da doença”. Este alerta consta do estudo Dengue Diagnóstico e Manejo Clínico, publicado em 2002 pela Fundação Nacional da Saúde. No entanto, a dengue mantém-se como um dos principais problemas de saúde pública do Brasil.

Até o dia 13 de abril de 2019, foram 451.685 casos prováveis de dengue registrados, segundo o Ministério da Saúde, um aumento de 339% com relação ao mesmo período do ano passado. Ainda de acordo com a pasta, 994 municípios apresentam alto índice de infestação do Aedes aegypti.

Um dos problemas relacionados à doença é a dificuldade de confirmar o diagnóstico, necessário para o cuidado com o paciente, para possibilitar o tratamento correto antes da evolução do quadro, que pode assumir elevado grau de gravidade, e para evitar terapia inadequada, que pode até mesmo contribuir para a piora dos sinais e sintomas.

“Como solução para este problema, disponibilizamos no mercado nacional um teste que possibilita a confirmação segura do diagnóstico em minutos”, informa José Marcos Szuster, CEO da MedLevensohn, uma das principais distribuidoras de aparelhos, equipamentos e materiais médicos do País.?

Hospitais já estão adquirindo o novo teste e se aguarda autorização da Anvisa para sua disponibilização em clínicas farmacêuticas. “Este seria um grande avanço, pois as pessoas, a um preço muito baixo, poderiam saber instantaneamente se tem ou não dengue, tomando medidas para não se tornarem mais um transmissor, com proteção individual, como o uso de repelentes, procurando o médico precocemente e fazendo o tratamento correto”, explica José Marcos, lembrando: “Em muitos casos, ao sentirem febre e dores no corpo, elas imaginam que estejam gripadas ou resfriadas e tomam ácido acetilsalicílico (AAS/Aspirina), que apresenta alto risco de provocar hemorragias em pacientes com dengue, aumentando a letalidade desta doença”. ?

O executivo da MedLevensohn pondera, ainda, que a aplicação da Lei Federal nº 13.021/14 e as Resoluções 585 e 586 do Conselho Federal de Farmácia facultam ao farmacêutico prestar serviços aos clientes como orientação no uso de medicamentos prescritos pelos médicos, determinação de parâmetros bioquímicos e aferição da pressão arterial. “Nesse contexto, a realização do teste instantâneo da dengue nas farmácias massificaria, a custo muito baixo, um importante instrumento de controle de um dos mais graves problemas de saúde pública o Brasil”.

Sobre a MedLevensohn

Distribuidora brasileira especializada em saúde, que oferece, além de sistema de testes rápidos, produtos e serviços que auxiliam no diagnóstico, monitoramento e tratamento de doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão arterial, colesterolemia e Acidente Vascular Cerebral (AVC). No mercado há mais de 15 anos, é distribuidora e importadora Master Dealer, referência de alta tecnologia, segurança, agilidade e preço competitivo na promoção da qualidade de vida e bem-estar de seus clientes e parceiros. Está presente em todo o território nacional, por meio da sua Rede de Distribuição. Possui sede no Rio de Janeiro, um Centro de Distribuição em Serra (ES) e filiais em São Paulo e Belo Horizonte. Também presta serviços em nível nacional para órgãos públicos, setor hospitalar, varejista e público médico.