Na noite deste domingo, dia 14, entre as atrações do 23º ECAL – Encontro Cultural de Arte Livre, foi realizado o 2º Festival de Música de Guaíra, que reuniu cantores solo, bandas e duplas. O evento foi organizado pela Diretoria Municipal de Cultura, por meio da ACOR, Associação Cultural Águas Correntes.

O festival foi dividido entre duas categorias, sendo uma com as bandas e a outra com duplas e cantores solos. O evento contou com a participação de cantores de Guaíra e também de cidades vizinhas como Barretos e Colina.

O júri que analisou o desempenho dos canditatos foi formado por pessoas ligadas ao seguimento musical como os cantores Gabriel Casado, vocalista da Banda Etnia, Pedro Rúbia, vocalista da banda Medida Provisória, o cantor e professor de canto, Wellington Miranda e o percussionista Pitty Dias, que integrou várias bandas de Guaíra e região e é fundador dos projetos Batidão e Eletroafro. Os jurados analisaram os quesitos: afinação, harmonia, desenvoltura e interpretação.

Para acompanhar os cantores durante suas apresentações foi formada, com músicos de Guaíra, uma banda de apoio. Os integrantes desta banda foram Kadu (bateria), Lúcio Tuici (guitarra), Robson (teclados), Leo Dias (violão) e Leandro Skin (contra baixo).

Após a apuração das notas a banda golpel Trinity e a cantora Laury, conseguiram a maior pontuação e sagraram-se campeãs do 2º Festival de Música do ECAL.

A classificação final ficou da seguinte forma:

Bandas

Campeã – Banda Trinity (156 pontos)

2ª Colocada – Banda R&J (122 pontos)

3ª Colocada – Banda D3 (118 pontos)

Solo e duplas

Campeã – Laury (157 pontos)

2º Colocado – Claudio Andrade (147 pontos)

3º Colocado – Augusto Barbosa (142 pontos)

O ECAL 2019 é uma realização da Prefeitura Municipal, por meio da Diretoria de Cultura, com apoio do Grupo Tereos, da Moenda Cultural e do Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.