A partir deste mês de setembro, o Banco do Povo Paulista, programa de microcrédito do Governo do Estado, em parceria com os municípios paulistas, sob coordenação da Desenvolve- SP, agência paulista de fomento de negócios, disponibilizará novos limites de crédito para os empreendedores que pretendem acessar as linhas de crédito do programa.

O programa de microcrédito Banco do Povo Paulista em Guaíra completa 17 anos de atividade no próximo dia 27. Nesse período já realizou mais de 2.000 operações de crédito e emprestou montante superior a R$ 8.500.000,00.

Empreendedores de diversos tipos de atividades já foram beneficiados com os recursos do microcrédito paulista, conseguindo crédito para capital de giro, para comprar mercadorias, repor estoques, ou fazer Investimento fixo, comprando máquinas, equipamentos, veículos utilitários, melhorias em suas empresas, propagandas, etc.

Atualmente, o programa atende mais de 250 empreendedores locais e tem recursos da ordem de R$ 2 milhões emprestados.

Banco do Povo – Novos Limites de Crédito

O Banco do Povo Paulista, disponibilizará novos limites de crédito para os empreendedores que pretendem acessar as linhas de crédito do programa, em vigor a partir de setembro de 2019.

As novas linhas de crédito foram viabilizadas a partir da alteração da lei que regulamenta os valores e limites e da resolução do Conselho Monetário Nacional/CMN – n. 4.713/2019, que redefiniu os valores para: Pessoa Física e Empresas de diversos portes. Para o programa de microcrédito do Banco do Povo Paulista, solicitados diretamente nas unidades com os agentes de crédito os novos valores ficaram em:

Novos limites de crédito:

a-    Pessoa Física / Informal – até R$ 21.000,00

b-    Pessoas Jurídicas – MEI – Micro Empreendedor Individual – até R$ 21.000,00 c- Pessoa Jurídica ME, EPP, EIRELLI, LTDA – até R$ 50.000,00;

Tipos de financiamentos e prazos de pagamento:

O Banco do Povo possui duas linhas de financiamento – Capital de Giro e Investimento Fixo. Para financiamento do tipo Capital de Giro o prazo de pagamento varia entre até 12 meses para pessoas físicas e até 24 meses para empresas formalizadas – pessoa jurídica. O financiamento para Investimento Fixo tem prazos de até 24 meses para pessoa física/informal e até 36 meses para pessoas jurídicas/ empresas formalizadas.

Taxas de juros:

Os novos limites de crédito também estarão vinculados a novas taxas de juros, garantias e seguros de risco, sendo que agora para os empreendedores Pessoa Física/ informal a taxa de juros será de 1,00% a.m. acrescida de taxa de risco da operação de 1% do valor do crédito. Para as empresa formalizadas ( MEI, ME, EIRELLI, LTDA ), a nova taxa de juros poderá variar ( flutuar ) entre 0,35% até 0,70% AM., mais taxas de risco e garantias – ( aprox. 1% do valor do crédito). A taxa será definida a partir do sistema de classificação de risco e pontuação de cadastro ( rating e score ) e do Cadastro Positivo do solicitante.

Condições gerais:

Toda solicitação de crédito junto ao Banco do Povo Paulista e a Desenvolve – SP está sujeita a consulta e análise de risco junto aos órgãos de crédito e financiamento, capacidade de pagamento e de viabilidade do negócio. Para contratos de Capital de Giro ( recursos para compra de mercadorias para revenda e comercialização ) o valor deverá ser próximo da média das vendas mensais da empresa ou empreendimento para contratos do tipo Investimento Fixo ( recursos para compra de equipamentos ) o valor estará limitado ao plano de negócio / investimento a ser realizada a viabilidade, a capacidade de pagamento, limitado ao orçamento do equipamento ou bem / serviço que será adquirido.

O faturamento anual das empresas de tipo MEI está limitado ao valor total de R$ 81.000,00. Para as ME, EPP e EIRELLI, LTDA, o faturamento máximo anual não deverá ser superior a R$ 360.000,00.

Garantias:

Os contratos de crédito do junto ao Banco do Povo sujeitos a apresentação de fiador / avalista, que deverá ter renda compatível com o valor do investimento a ser realizado. Deverão assinar as operações de crédito em conjunto com sócios do empreendimento e cônjuges, para quem for casado ou união estável. Além do fiador, as operações têm taxa de risco de crédito da ordem de aproximadamente 1% do valor da operação.

Programa empreenda rápido:

O Estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o SEBRAE – SP, também criou o programa Empreenda Rápido voltado para os novos empreendedores. Em operação a partir do mês de 09/2019 , tem como objetivo apoiar os novos empreendedores no processo de formalização e gestão de seus novos negócios. Serão oferecidos cursos de capacitação e gestão empreendedora e os habilitará para conseguir recursos junto ao Banco do Povo nas condições acima expostas. Mais informações poderão ser obtidas no site:WWW.desenvolvimentoeconomico.sp.gov.br/empreendarapido ;

Desenvolve – SP:

A Agência de Fomento Paulista, Desenvolve – SP, também criou uma linha de crédito para auxiliar novos negócios e empreendimentos formalizados, com recursos superiores aos valores informados, com taxas de juros, condições de viabilidade e demais informações que poderão ser acessadas no site da agência na opção Credito Digital: desenvolvesp.com/empresas/creditodigital ;

O Banco do Povo Paulista, está em atividade há 21 anos no Estado de São Paulo, beneficiando mais de 460.000 empreendedores, e emprestou recursos superiores a R$ 2 bilhões de reais, conforme dados em seu site – bancodopovo.sp.gov.br, onde os interessados podem acessar mais informações e documentação cadastral para solicitar crédito.

Em Guaíra, há 17 anos em atividade, tem como expectativa alcançar o montante total de R$ 10 milhões emprestados até o final de 2.020. A unidade de crédito municipal do Banco do Povo está agregada com a Diretoria Municipal de Desenvolvimento Econômico, localizada junto ao Ganha Tempo Municipal, localizado à Rua 8 nº 221, centro, esquina com Avenida 5. Mais informações para obter financiamentos do programa de microcrédito podem ser obtidas junto aos agentes de credito Josias Domingos e Alessandro da Silva.