Recentemente, o jornal norte-americano Daily Mail publicou uma matéria listando todos os problemas que o uso excessivo do celular pode trazer para nossa saúde. Na lista, estão citados problemas como danos na visão, acne, problemas na coluna, danos na audição e interferência no sono e nos relacionamentos. 

Apesar de os smartphones terem sido feitos para facilitar nossas tarefas, o uso desmoderado e sem cuidado desses aparelhos pode interferir, e muito, na nossa qualidade de vida. A facilidade de acesso a smartphones é um dos motivos pelos quais nosso bem-estar mental e emocional está precisando de uma atenção especial. 

Felizmente, existem meios de continuar utilizando esses aparelhos mobile e, ainda assim, mantermos a saúde física e mental. Equilíbrio é a palavra-chave. Abaixo, veja como melhorar seus hábitos digitais. 

Identifique seu uso de aparelhos digitais

Não é muito difícil identificar se você usa o celular de modo saudável ou não. Pare e observe se você já deixou algum hábito antigo desde que começou a utilizar smartphones, como ler, praticar exercícios físicos ou cozinhar. 

Você já se deitou cedo para dormir e, quando percebeu, passou horas no celular e acabou dormindo tarde? Ou já deixou de prestar atenção em uma conversa que estava tendo com alguém fisicamente presente para olhar o WhatsApp?

Se respondeu sim para algumas dessas perguntas, não se desespere. Saiba que a dificuldade em se desligar do celular é um problema mundial. Segundo uma pesquisa feita pelo Ibope Conecta, em 2018, 52% dos brasileiros afirmaram não conseguir ficar um dia sem usar seu smartphone.

O vício em aparelhos digitais é real e muito semelhante à dependência química. Ficou preocupado com os efeitos desse vício? Algumas dicas de especialistas podem ajudar você a utilizar a tecnologia com mais consciência e sem prejudicar sua saúde e vida pessoal. 

Desative as notificações

Ser notificado toda vez que receber uma mensagem ou uma interação em uma rede social, impede que você permaneça atento às suas atividades presentes. Esses alertas podem ser inconvenientes tanto no ambiente de trabalho, atrapalhando seu fluxo, quanto em situações sociais, pois você interrompe conversas e sai do momento presente.

A não ser que esteja esperando por alguma informação muito importante e urgente, que precisará de resposta imediata, desative as notificações. Tente apenas olhar o celular em momentos de descanso, como um intervalo no trabalho, sendo almoço ou café, antes de se preparar para dormir ou depois de levantar-se da cama de manhã.

Use a tecnologia a seu favor

Para quem quer reeducar seus hábitos digitais, utilizar o próprio aparelho para supervisionar o tempo que você despende a ele é uma boa dica. Hoje, existem aplicativos que monitoram o número de horas que você usa o celular, enviando-lhe uma notificação quando já atingiu o tempo limite.

Existem outros aplicativos que, além de controlar seu tempo de uso, foram feitos para melhorar sua qualidade de vida. Alguns exemplos são o How are You? que incentiva você a parar por 5 minutos e pensar em como você está se sentindo; e o Daily Yoga, que oferece uma rotina de ioga com durações e níveis de dificuldade variados. 

Por fim, para organizar todas as suas atividades on-line e off-line, apps, como o Habitica, permitem que você faça uma lista com as tarefas do dia a dia e tenha maior controle dos seus hábitos, como, não comer fora de hora ou dormir tarde demais, por exemplo. 

Acompanhe sites e pessoas que fazem bem 

A ansiedade é um dos sintomas que mais atingem usuários das redes sociais. A todo minuto temos acesso a novas informações que podem ser verdadeiros gatilhos emocionais. 

Tudo isso misturado ao medo de perder algum acontecimento, ao acesso a inúmeras informações em pouco tempo e à comparação da própria vida com as de outros usuários, pode levar a uma verdadeira crise de ansiedade e, até mesmo, à depressão.

 

Se você está se sentindo sobrecarregado e acha que o excesso de notícias e postagens sobre um determinado assunto faz mal, deixe de acompanhá-las. O mesmo vale para amigos que você segue nas redes sociais com postagens tóxicas. Pare e reflita: ter esse tipo de conteúdo nessa rede social faz bem ou mal? 

Se ter acesso às notícias é importante para você, reserve um tempo e acesse os portais de notícias, deixando as redes sociais apenas para lazer nos momentos livres.

Desconecte-se do trabalho

Muitas empresas, hoje em dia, pedem que seus funcionários estejam sempre on-line e respondam e-mails mesmo fora do expediente. Essa cultura pode causar estresse e sobrecarga mental, pois os funcionários continuam ligados ao trabalho mesmo longe do escritório, impedindo a desconexão mental.

Se você não tem escolha e sua empresa pede que você esteja presente em redes sociais e aplicativos de conversa para uso profissional, procure estabelecer um trato para adquirir um celular corporativo. 

Além disso, estabeleça horários fixos para checar o aparelho fora do horário de trabalho. Se vai dormir às 22h todos os dias, por exemplo, olhe os e-mails da empresa até as 21h. Isso porque o tempo de seu corpo começar a entender que você está se preparando para dormir dura em torno de 1 hora. 

A tecnologia continuará se desenvolvendo e, cada vez mais, fará parte da nossa vida. Não tem como fugir dessa tendência, mas tem como nos mantermos atentos aos riscos do uso excessivo e nos esforçamos para desfrutar dela. Tudo com nossa saúde física e mental em dia.