Estima-se que um em cada três idosos com mais de 65 anos sofra queda. Acima dos 80 anos, esse número sobe para quatro em cada dez; e salta para um em cada dois quando o recorte é feito entre os que vivem em asilos e casas de repouso.

“O envelhecimento, por si só, é um fator de risco para quedas. Afinal, o passar do tempo provoca um déficit em todo o sistema locomotor, que envolve ossos, músculos e articulações, e também leva à diminuição da visão, da audição e da cognição.

Por outro lado, isso não significa que um senhor ou senhora cair deve ser visto como algo normal, até porque o acidente pode sinalizar que a pessoa está frágil ou doente”, argumenta o presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Moisés Cohen.

“Com base nisso e também para aproveitar o protagonismo do ‘bom velhinho’ agora em dezembro é que lançamos a campanha de prevenção de acidentes em idosos, que em muitos casos pode causar fraturas que exigem internação, prejudicam a independência e a qualidade de vida do idoso, além de representar enorme custo social, econômico e psicológico para ele e seus familiares. Até por isso nosso foco de alerta será nos cuidados simples que devem ser tomados em casa”, explica o presidente da comissão de campanhas públicas da SBOT, Sandro Reginaldo, que lista algumas das principais medidas a serem tomadas:

• Não deixar tapetes soltos, especialmente os pequenos. O ideal é prender as pontas deles com fita adesiva própria ou então tirá-los do chão. No banheiro, o tapete deve ser antiderrapante.

• Colocar corrimão dos dois lados das escadas, nos corredores e dentro do box do banheiro.

• Usar sapatos fechados e com solado de borracha.

• Evitar andar em áreas com piso úmido.

• Não encerar o chão.

• Não deixar móveis, fios, brinquedos e outros objetos espalhados pela casa.

• Deixar uma luz acesa à noite, caso o idoso se levante para tomar remédio ou ir ao banheiro.

• Manter o telefone em local acessível.

• Se necessário, usar bengala, muleta ou outro instrumento de apoio.

Fonte:
Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT):
http://campanhas.portalsbot.org.br/prevencao-de-quedas-dos-idosos/http://campanhas.portalsbot.org.br/prevencao-de-quedas-dos-idosos/