Janeiro e fevereiro são tradicionalmente um período de chuvas de verão intensas. Em 2020 não tem sido diferente e, além dos já ocorridos, mais temporais são aguardados para o mês. Com eles os perigos para os motoristas: baixa visibilidade, pista escorregadia, buracos ocultos e, principalmente, pontos de alagamento ou enchentes.

Como as consequências são sérias, é preciso máxima atenção. “Nessas situações é válido seguir alguns procedimentos que podem evitar acidentes e danos ao veículo”, diz Claudio Cardoso, gerente dos Centros Automotivos Porto Seguro.

Segundo Jaime Soares, diretor do Porto Seguro Auto, “em caso de enchente é fundamental que o motorista, primeiro, garanta sua integridade física e, em seguida, acione ajuda, entrando em contato com a Porto Seguro – seja por meio do aplicativo ou WhatsApp ou com ajuda de seu Corretor, que pode intermediar o atendimento”.

Soares listou nove dicas importantes para você, que utiliza automóvel, e pode enfrentar ocasiões típicas do período chuvoso. Confira:

  1. Durante a chuva, acenda o farol baixo. Além de melhorar a visão, os veículos ao redor também podem se beneficiar das luzes do seu carro;
  2. Fique atento aos limpadores de para-brisas. Eles devem estar em perfeito estado. Riscos de borracha no vidro e o som emitido pela peça são indícios de que está na hora de mudar a peça;
  3. Para desembaçar os vidros e melhorar a visibilidade, ligue o ventilador interno, o desembaçador ou o ar-condicionado;
  4. A manutenção dos freios deve estar em dia. Isso inclui discos, pastilhas de freio, etc. em boas condições. Por isso, se atente a ruídos ou dificuldade ao frear, pois são indícios da necessidade de manutenção;
  5. Nunca ligue o pisca-alerta quando estiver em movimento. Essa atitude pode passar a impressão de que o seu veículo está parado, causando confusão no trânsito e até possíveis colisões;
  6. Em casos de enchente, se o motor “morrer”, jamais dê a partida. Mantenha-o desligado e acione o socorro para que possa remover o seu veículo a um centro automotivo;
  7. Evite entrar com o veículo em um ponto de alagamento. Caso não seja possível driblar a situação, o ideal é que o volume de água no local não passe da metade da altura da roda do carro;
  8. Se a enchente começar a atingir a roda do automóvel a ponto de estar acima da metade, abandone-o imediatamente e busque um lugar seguro para ficar. Lembre-se: em situações extremas, garantir a sua integridade física é mais importante do que poupar um bem material;
  9. Após o enfretamento de uma enchente, procure fazer um check-up do seu veículo o mais rápido possível. Além corrigir possíveis danos no carro, a medida ajuda a certificar a segurança do condutor.

Sobre a Porto Seguro

A Porto Seguro é uma empresa brasileira com mais de 70 anos de mercado e está entre as maiores seguradoras do País, ocupando a primeira posição nos ramos de Seguro Auto e Residência. Atualmente, são quase 8,5 milhões de clientes únicos, 13,2 mil funcionários, 12,5 mil prestadores e 36 mil corretores parceiros. A companhia tem ainda 105 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. O Grupo Porto Seguro é formado por 27 empresas – entre elas Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência, Porto Seguro Saúde e Porto Seguro Uruguai – que atuam nos mais diversos ramos como seguros, produtos financeiros, serviços de emergência e conveniência, proteção e monitoramento, plano de saúde para Pets, entre outros. Em 2018, o lucro líquido da companhia foi de R$ 1,3 bilhão.