10 DICAS DE SEGURANÇA PARA AS MULHERES

No transporte público, ruas, trânsito, bancos ou aeroportos cidadãos brasileiros são vítimas de furtos e roubos, e entre as vítimas preferidas dos meliantes estão mulheres

 

Além da alta de 7% de casos de feminicídio em 2019, segundo o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, as mulheres também são as vítimas mais procuradas em casos de assaltos e roubos.

No transporte público, ruas, trânsito, bancos ou aeroportos cidadãos brasileiros são vítimas de furtos e roubos, e entre as vítimas preferidas dos meliantes estão mulheres.

“Quantas vezes você já viu furto de celulares em pontos de ônibus, ou até golpes de roubo de malas em aeroportos que a vítima era uma mulher? Por distração, ou até por serem mais gentis, as mulheres acabam sendo vítimas de oportunistas. Por isso, elaboramos algumas dicas que podem ajudá-las na prevenção desse tipo de ocorrência”, comenta Rogério Rodrigues, especialista em segurança do GRUPO GR.

Confira abaixo dicas de segurança selecionadas para mulheres, em diversas situações do dia a dia:

EM CASA

– Procure variar seus horários e fazer rotas diferentes para deslocar-se para o trabalho, faculdade ou cursos, e esteja alerta à presença de suspeitos nas imediações de sua casa ou condomínio, nos momentos de sua chegada ou na hora de sua saída;

– Antes de permitir a entrada de prestadores de serviços, como funcionários de empresas de água, luz e telefonia, solicite a identificação. Caso tenha alguma dúvida sobre quem pode ser, não permita a entrada e ligue para a empresa para confirmar as informações do funcionário;

– Mesmo estando em casa, mantenha sempre as portas trancadas e tenha grades nas janelas, evitando assim ser surpreendida por meliantes.

EM AEROPORTOS E RODOVIÁRIAS

– Cuidado com pessoas que se aproximam para fazer perguntas, ou se demostrem gentis dizendo que podem cuidar de seus pertences. O ato pode ter como objetivo apenas provocar sua distração e furtar sua bolsa e bagagem.

– Dê preferência a taxis credenciados. Caso prefira usar um aplicativo, veja o perfil do motorista e comentários, e em caso suspeito, acione a emergência, ambos serviços já disponibilizados pelas empresas.

– Se estiver com crianças: alerta dobrado! Elas costumam ficar impacientes enquanto esperam e a qualquer descuido do responsável, elas podem se perder ou mesmo serem sequestradas.

NO DIA A DIA

– Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto e não o conte em público. Saindo do banco, evite carregar grandes quantias; se houver necessidade divida o dinheiro em várias partes da roupa, porém, evite bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro. Ao sair, certifique-se de que não está sendo seguida;

– Não espere o ônibus em paradas desertas e mal iluminadas. E no transporte público, evite viajar em ônibus ou vagões vazios. Em caso de poucos passageiros no ônibus, sente-se próximo ao motorista ou cobrador;

– Ao caminhar, ande na calçada em direção contrária ao fluxo dos carros. Assim, não será pega de surpresa. E mantenha a bolsa à sua frente, e firme entre o braço e o corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada;

– Caso necessite realizar alguma denúncia, a Secretaria de Políticas para Mulheres criou o Disque Denúncia 180, uma Central de Atendimento à Mulher.

Publicidade:
Anterior NOVO CORONAVÍRUS E POSSÍVEIS IMPLICAÇÕES NAS RELAÇÕES DE TRABALHO
Próxima LANCHEIRA SAUDÁVEL: SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES ORIENTA A MONTAGEM