PAULISTÃO FEMININO TERÁ PREMIAÇÃO INÉDITA A CLUBES; CAMPEÃO RECEBERÁ R$ 100 MIL

Pela primeira vez na história, o Campeonato Paulista Feminino premiará os 16 clubes participantes financeiramente

 

Pela primeira vez na história, o Campeonato Paulista Feminino premiará os 16 clubes participantes financeiramente. Após realizar o campeonato com maior exposição da história em 2019, com transmissão em TV aberta, fechada e no streaming, a Federação Paulista de Futebol conseguiu fechar com patrocinadores para a competição e distribuirá R$ 300 mil às equipes que disputam a competição.

O campeão receberá R$ 100 mil, o vice, R$ 60 mil. Os outros R$ 140 mil serão divididos com as 14 demais equipes. Todos os clubes receberão verba para participação na competição.

A premiação é inédita no Campeonato Paulista Feminino, que até o ano passado era custeado totalmente com verba da FPF, dos clubes e via Lei de Incentivo —esta última, inclusive, continua na competição de 2020, novamente desonerando os clubes de gastos operacionais de jogos. Ou seja, além da premiação, as agremiações não precisam custear itens necessários para a realização das partidas.

“O Paulista Feminino está crescendo demais ano a ano. Em 2019, batemos recorde de audiência, transmissão em TV aberta, fechada, streaming. A final teve maior público da história do futebol feminino. Conseguir, pela primeira vez, premiar os clubes com dinheiro é uma conquista enorme para a modalidade. Estamos evoluindo. Esse número vai crescer, tenho certeza”, afirma Aline Pellegrino, diretora de futebol feminino da FPF.

A competição de 2020 tem início em 12 de abril e termina, com a grande final, em 16 de agosto.

Publicidade:
Anterior DEPOIS DE BRASILEIRÃO COM PATROCÍNIO DA TEMPOBET, PALMEIRAS SE CONSOLIDA DEFENSIVAMENTE
Próxima NA SEMANA DO CONSUMIDOR, BRASILEIROS DEFINEM UMA BOA EXPERIÊNCIA DE COMPRA QUANDO SÃO TRATADOS COMO UMA PESSOA E NÃO COMO UM NÚMERO