A empresa social Soulphia, que oferece oportunidades de reinserção para moradoras de abrigos dos Estados Unidos, preparando-as para ensinar inglês pela internet, vai liberar o acesso à sua nova plataforma online de ensino, gratuitamente, por 30 dias. A iniciativa tem como objetivo somar esforços no combate à disseminação do novo coronavírus, incentivando as pessoas a obedecerem à recomendação de permanecer em casa e, dessa forma, aproveitar esse tempo para investir na própria formação – fazendo um curso de Inglês, por exemplo.

Para ter acesso gratuito a todo o conteúdo da Soulphia, basta fazer um cadastro no site: http://go.soulphia.com/stayhome . Não há necessidade de incluir dados bancários ou de cartão de crédito. A confirmação do cadastro e informações de acesso à plataforma são enviadas por e-mail ao aluno.

Entre os conteúdos que poderão ser acessados, estão as vídeo-aulas sobre os mais diversos assuntos e também as Masterclasses, que são as aulas diárias realizadas ao vivo com as tutoras atendidas pelo projeto.

Além das aulas gratuitas por 30 dias, os novos alunos terão acesso também ao curso Inglês para Viagens do professor e digital influencer Paulo Cunha (@MrTeacherPaulo).

Sobre o Soulphia

O SOULPHIA iniciou suas atividades em 2017, com um projeto piloto que utilizou computadores de um abrigo no bairro do Bronx, em Nova York. Assim, seis tutoras ministraram mais de 500 aulas para cerca de 40 alunos recrutados via Facebook, ao custo de cerca de U﹩ 15 por aula. A experiência foi um sucesso, gerando a implantação oficial e a consequente expansão da plataforma. O nome SOULPHIA é inspirado pela união entre a palavra ‘Soul’ – alma em inglês, ou a essência de uma pessoa – e o termo grego ‘Sophia’, cujo significado original é Sabedoria. Mais informações em http://www.soulphia.com.br