Jovens devem ficar em casa para proteger suas famílias

Docentes de Medicina e Psicologia gravam vídeo com dicas para os jovens manterem a saúde mental em dia durante a quarentena

São Paulo, 7 de abril de 2020 – O isolamento social é uma medida para impedir a rápida proliferação da COVID-19, o novo coronavírus. Por isso, embora não sejam o grupo de risco, os jovens devem manter a quarentena para não contraírem a doença e, mesmo que assintomáticos, transmitirem para outras pessoas, que podem incluir pais e avós dentro do grupo de risco.

É o que explica a especialista em Saúde Pública e coordenadora do curso de Medicina do câmpus São José dos Campos da Universidade Anhembi Morumbi, Paula Carnevale, em vídeo gravado para a campanha #anhembimorumbicontraovirus.

Na mídia, a coordenadora do curso de Psicologia Rosana Rodrigues fala sobre a importância de cuidar da saúde mental, além da física, pois para muitos, o isolamento pode causar ansiedade, estresse e depressão e dá dicas para enfrentar a quarentena.

Clique aqui para baixar e assistir ao vídeo das especialistas.

Sobre a Universidade Anhembi Morumbi
A Universidade Anhembi Morumbi é a primeira instituição internacional de ensino superior do Brasil. Desde 2005, faz parte da rede internacional de universidades Laureate, maior rede global de instituições de ensino superior, com mais de 850 mil estudantes matriculados em instituições nas modalidades presenciais e online.

São oferecidos programas de Graduação, Graduação Tecnológica e Pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu, distribuídos nas áreas de Ciências da Saúde; Turismo e Hospitalidade; Negócios; Direito; Artes, Arquitetura, Design e Moda; Comunicação; Engenharia e Tecnologia e Educação. Seus oito câmpus estão localizados nas regiões da Avenida Paulista, Vila Olímpia, Mooca, Morumbi, Vale do Anhangabaú, São José dos Campos e Piracicaba.

A Universidade Anhembi Morumbi possui laboratórios de última geração e diferenciais como a internacionalidade, já tendo enviado, desde 2006, milhares de alunos do Brasil para realização de cursos no exterior, além de receber centenas de estudantes estrangeiros em seus câmpus, que se tornaram locais multiculturais para o aprendizado.

Outras vantagens: a titulação internacional, que permite ao estudante o acesso a certificação do Brasil e de uma instituição no exterior e o Anhembi Carreiras (http://carreiras.anhembi.br), um portal de empregabilidade da Universidade Anhembi Morumbi com serviços de preparação para o mercado de trabalho e conteúdos exclusivos para o desenvolvimento da trajetória profissional.

Sobre a Laureate Brasil
A Laureate Brasil, integrante da rede global líder em ensino superior Laureate International Universities, é formada por 11 instituições, em oito estados brasileiros, e cerca de 309 mil alunos e polos em diversos locais do país na modalidade de educação digital. Fazem parte do grupo mundial: Business School São Paulo (BSP); CEDEPE Business School; Complexo Educacional FMU/FIAM-FAAM; Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); Centro Universitário FADERGS; Centro Universitário UniFG; Faculdade Internacional da Paraíba (FPB); Universidade Anhembi Morumbi (UAM); Universidade Potiguar (UnP); Universidade Salvador (UNIFACS); e EAD.br.

Sobre a Laureate International Universities
A Laureate International Universities é a maior rede global de instituições de ensino superior, com mais de 850 mil estudantes matriculados em instituições nas modalidades presenciais e online, em mais de 150 campi, com programas de graduação e pós-graduação (lato e stricto sensu) de qualidade e focados na empregabilidade dos estudantes, em uma ampla gama de áreas de conhecimento. A organização é a maior Empresa B Certificada® do mundo na área de educação e tem a missão Here for Good, que significa estar aqui para o bem e para sempre, pois acredita que quando os alunos obtêm sucesso, países prosperam e a sociedade é beneficiada. Saiba mais em: http://www.laureate.net

Publicidade:
Anterior Sabor da Páscoa: dicas de preparo e receitas fáceis com bacalhau
Próxima A imunidade emocional em época de quarentena