Ponte do Rio Pardo recebe nova pavimentação e sinalização de trânsito

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) realizou uma importante intervenção na Ponte “Idair Fornel”, que fica sobre o Rio Pardo, na Rodovia Assis Chateubriand, no trecho que liga Guaíra a Barretos.

Há anos a ponte vinha apresentando deteriorações e irregularidades em seu leito carroçável, sendo sua reforma uma antiga reivindicação da população, principalmente dos condutores de veículos que transitavam pelo local. Agora, o Governo do Estado, realizou a recuperação da ponte, fazendo o recape e implantando uma nova sinalização de trânsito.

A obra foi uma solicitação do prefeito José Eduardo Coscrato Lelis e contou também com o apoio da Igreja Católica, por meio do Pároco da Igreja Matriz de São Sebastião, Padre Edisson Pátaro, e do Bispo Diocesano de Barretos, Dom Milton Kenan Júnior, que estiveram na sede do Governo paulista na Secretaria de Desenvolvimento Regional, com o Secretário Marcos Vinholi, reivindicando melhorias na referida ponte, que foi cenário, lamentavelmente, para vários acidentes graves.

Todo o processo para conquista do benefício foi acompanhado pelo Secretário de Gestão e Obras do município, José Carlos Augusto. Imprescindível nesta conquista foi o apoio do Deputado Federal da região, Geninho Zuliani, que intercedeu junto ao DER para que a obra fosse realizada.

“Esta é uma grande conquista para Guaíra, Barretos e toda a região. A revitalização da Ponte “Idair Fornel” no Rio Pardo irá beneficiar os usuários desta importante via de nossa região e principalmente, irá salvar muitas vidas”, comemorou o prefeito, José Eduardo.

Nesta quarta-feira, dia 13, está sendo realizada a sinalização da ponte havendo interdição do trânsito de veículos em ambos os sentidos da Rodovia Assis Chateubriand, quando então pede-se cautela, atenção e redução da velocidades, por parte dos condutores de veículos.

A próxima etapa será a recuperação total do “guard-rail”, que é o alambrado de proteção lateral da ponte, que está danificado pelas colisões que acontecerão na via.

Publicidade:
Anterior Saiba como amenizar dores e problemas bucais em tempos de coronavírus
Próxima FISIOTERAPEUTA ENSINA TÉCNICAS DE AUTOMASSAGEM PARA ALIVAR DORES E ESTRESSE DURANTE O ISOLAMENTO SOCIAL