Guaíra está na fase amarela da Retomada Consciente da Quarentena

As flexibilizações serão com condições de medidas sanitárias e orientações as pessoas de risco para ficarem em casa e não se exporem, assim como o uso de mascaras e álcool em gel para assepsia

 

O Prefeito José Eduardo Coscrato Lelis já havia antecipado  na tarde de terça-feira, (26), a flexibilização progressiva da quarenta em algumas regiões do Estado de São Paulo, que serão feitas levando em conta as características de cada município.

O plano, denominado pelo governo do Estado de São Paulo como “Retomado Consciente”, prevê cinco etapas. As regiões serão classificadas em fases de acordo com os critérios definidos pela Secretaria Estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para o Coronavírus.

Guaíra faz parte da Região V que inclui os municípios de: Altair, Barretos, Bebedouro, Cajobi , Colina, Colômbia, Guaraci, Jaborandi, Monte Azul Paulista, Olímpia, Severínia, Taiaçu, Taiúva, Taquaral,  Terra roxa, Viradouro e Vista Alegre do Alto, estando esta região na fase 3 , de cor amarela. (Veja Mapa)

 

A cor de cada região do mapa é determinada por uma série de critérios, entre eles a taxa de ocupação de UTIs e total de leitos a cada 100 mil habitantes. Esses indicadores são avaliados junto com dados do número de óbitos, casos e internações por Covid-19 para determinar a fase em que se encontra cada região.

Na fase amarela, haverá reabertura total de serviços imobiliários, escritórios e concessionárias seguindo todos os protocolos sanitários. Comércio de rua, shoppings e salões de beleza, além de bares, restaurantes e similares poderão funcionar com restrições de horário e fluxo de clientes. È necessário que a população continue utilizando máscara e todo o comercio tenha álcool em gel para a assepsia das mãos e distanciamento  de 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas e limitação no numero de clientes dentro do comercio.

De acordo com o prefeito José Eduardo Coscrato Lelis, as regiões serão avaliadas periodicamente, “As flexibilizações serão com condições de medidas sanitárias e orientações às pessoas de risco para ficarem em casa e não se exporem, assim como manter o uso de mascaras e álcool em gel para assepsia. A avaliação dos municípios será feita de acordo com os indicadores de saúde, verificando o cumprimento dos critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada 7 dias (ou imediatamente, caso haja evidência da piora da situação)” explicou José Eduardo.

Publicidade:
Anterior Guaíra tem 13 casos de Covid-19 (coronavírus)
Próxima Como as empresas podem preservar a saúde de seus colaboradores durante a quarentena