A pandemia do novo coronavírus mudou a forma de como as pessoas sentem e vivenciam suas experiências. Até mesmo o ato de frequentar restaurantes teve uma pausa devido aos riscos de contaminação. Por isso, é cada vez mais crescente o movimento de resgate do ritual de cozinhar para si e dividir a mesa com a família.

É o que explica Alex Lopes, o professor do curso de Gastronomia das Faculdades Serra Dourada Lorena e Chef de Cozinha. Para ele, apesar das complicações trazidas pelo momento atual, é importante avaliar também os impactos positivos, entre eles a alimentação.

Lopes afirma que há cerca de 15 anos, toda a sociedade foi inserida num contexto em que exige cada vez mais rapidez, até mesmo na alimentação. Fato que se justifica na quantidade de refeições feitas em fasts foods. Entretanto, isso tem mudado e há quatro meses a população tem se arriscado, no que o Chef chama de “Master Chef de Casa”.

Fazendo alusão ao reality de sucesso, Lopes enfatiza que esse é o processo de “resgatar a tradição que estava perdida ao se alimentar rápido sem qualidade e sem valorizar a gastronomia local”. Ele vê ainda como recuperação de algo que sempre foi comum, como comer em casa, sentar-se à mesa para partilhar não somente a refeição, mas também a vida.

Devido a crise financeira motivada pela doença, o docente indica ainda que este é o momento de colaborar com pequenos produtores da região que foram atingidos. Além da preservação cultural através do paladar, ele alerta também para a valorização da culinária com o consumo de frutas brasileiras como acerola e jabuticaba.

Lopes conclui afirmando que embora o momento seja crítico, é positivo que tantas pessoas estejam se conectando através da culinária e relembrando o sabor das tradicionais receitas feitas pela avó.

Sobre o especialista – Alex Sander de Jesus Lopes é graduado em Gastronomia pelo Centro Universitário Senac (2013). Foi cozinheiro no Hotel Estoril (2012). Atuou como primeiro cozinheiro no Restaurante Confraria do Sabor (2013). Passou a ser Chef de Cozinha no restaurante Spazio Pubblico (2013-2015) Foi também Chefe de Cozinha consultor no restaurante Canto da Gula (2015). Há cinco anos é o Chef Executivo no Hotel e Golf Clube 500.

Serra Dourada Lorena – Inaugurada em 2018, em parceria com o Centro Universitário Italo Brasileiro, a Faculdade Serra Dourada está localizada dentro do pátio do Eco Valle Shopping. A instituição busca oferecer uma proposta inovadora, com projeto acadêmico diferenciado e professores com vasta experiência no mercado de trabalho.

O principal objetivo da Unidade de Ensino é levar para seu aluno o que há de mais moderno e prático no mercado de trabalho, integrando teoria e prática, de forma bastante atrativa com o uso de tecnologias inovadoras para o aprendizado e muita interação entre os estudantes e seus professores.

Com excelente infraestrutura, a Serra Dourada de Lorena oferece 13 modalidades de cursos presenciais com preços que visam facilitar o acesso do estudante à universidade. Conta com propostas de bolsas diferenciadas e busca estar presente na formação do aluno.

Durante o período de pandemia, para auxiliar os alunos a continuarem seus estudos, a Unidade de Ensino adaptou seu sistema de ensino às aulas on-line, com participação ao vivo e interação aluno-professor. Além disso, ofereceu aos alunos que não têm computador, o empréstimo de notebooks para uso em casa, durante o período de isolamento social.

Mais informações sobre a instituição no site https://lorena.faculdadeserradourada.com.br/.