DIA DA INFORMÁTICA: A MUDANÇA DE ROTINA DURANTE O ISOLAMENTO SOCIAL E A IMPORTÂNCIA DA ADAPTAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS DIGITAIS

Professor da Anhanguera de Ribeirão Preto destaca como a tecnologia tem sido grande aliada no trabalho em home office, para os negócios e no estreitamento de laços entre familiares

No dia 15 de agosto comemora-se o Dia da Informática. A tecnologia vem sendo a grande aliada para enfrentar os obstáculos desse momento de adversidades em decorrência da pandemia da Covid-19 e mostrou um novo mundo de possibilidades. Sobre esse tema, Fernando Pereira, professor do curso de Ciência da Computação da Faculdade Anhanguera de Ribeirão Preto, avalia que as pessoas que tinham o universo digital como um território pouco conhecido, precisaram se adaptar.

“Momentos entre família e amigos passaram a ter um novo formato, o online, e encontros virtuais se tornaram essenciais para o corpo e a mente nesta quarentena. Devemos compreender que a tecnologia facilita o acesso às informações e, em situações atípicas como esta que estamos vivenciando, permite que os indivíduos potencializem o aprendizado”, destaca Fernando.

Com a pandemia, o uso do home office se tornou frequente, com videoconferências, calls, armazenamento de arquivos e integração de aplicativos no local de trabalho. Além da utilização de aplicativos para pedidos de comida, vendas e aulas online. Vários profissionais se adaptaram para o atendimento online, por exemplo, a telemedicina, que antes não era utilizada e que permite eliminar as distâncias geográficas, conectando profissionais de saúde aos pacientes por meio de vídeo consultas.

O mundo vive um processo crescente de midiatização da vida social. “Um fenômeno por meio do qual cada vez mais a realidade social é mediada por tecnologias e, por isso, como reforçamos com os nossos alunos, os profissionais do futuro, ou que querem se destacar no mercado de trabalho, também precisam estar cada vez mais conectados e desenvolvendo suas habilidades digitais para o uso das ferramentas tecnológicas”, finaliza o professor da Faculdade Anhanguera de Ribeirão Preto.

Sobre a Anhanguera

Fundada em 1994, a Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância.

Presente em todos os estados brasileiros, a Anhanguera presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2014, a instituição passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse: http://www.anhanguera.com

Sobre a Kroton

A Kroton, que faz parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira e uma das principais organizações educacionais do mundo, atende ao mercado B2C do Ensino Superior, levando educação de qualidade em larga escala. Presente em mais de 900 municípios em todo Brasil, a companhia conta com 176 unidades próprias, 1.410 polos de ensino a distância e 846 mil estudantes, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar. Transformar a vida das pessoas por meio da educação, formando cidadãos e preparando profissionais para o mercado, é a missão da instituição, que trabalha para continuar concretizando sonhos em todos os cantos do país.

Publicidade:
Anterior POLUIÇÃO E AVANÇO URBANO AMEAÇAM MANGUEZAIS NO BRASIL
Próxima AGOSTO BRANCO: COMO A MEDICINA MUDOU A PERSPECTIVA DO CÂNCER DE PULMÃO