ESPECIALISTA EM BIOSSEGURANÇA NA ÁREA DA BELEZA EXPLICA CUIDADOS DE PREVENÇÃO À COVID-19 QUE IMPLEMENTA EM SEU SALÃO

Consultora da Ikesaki, Simone Tinelli é beauty artist, barbeira e especialista reconhecida em Biossegurança na área da beleza
Foto: Simone Tinelli em ação no Donna Barba

São Paulo, 17 de agosto de 2020 – A reabertura dos salões de beleza trouxe à tona uma mistura de sentimentos nos clientes: empolgação por finalmente poder retocar a raiz ou cuidar da barba, entre tantos outros serviços que estes estabelecimentos oferecem e que os brasileiros são notórios adeptos, misturada a um sentimento de medo.

A opinião é de Simone Tinelli, beauty artist consultora da Ikesaki, barbeira gestora da Donna Barba, na Vila Mariana, em São Paulo, e reconhecida especialista em Biossegurança na área da beleza desde antes do início da pandemia de Covid-19.

“Há de se implementar cuidados primordiais nos salões de beleza. O uso de máscaras é obrigatório, além da oferta de local para higienização das mãos com água e sabonete, e disponibilização do álcool em gel 70%.

Manter a distância entre as cadeiras para que os profissionais e clientes se sintam seguros e evitem contato próximo é fundamental. Para os profissionais, usar o face shield mesmo estando com máscara e manter o salão limpo e desinfetado várias vezes ao dia, também”, Simone aponta.

Tais cuidados geram um custo a mais para os salões, que já vêm de um longo período de fechamento e com clientela reduzida. Neste sentido, a Ikesaki tem seguido todos os procedimentos de prevenção à Covid-19 em suas lojas e tem buscado oferecer soluções aos profissionais que estão reabrindo seus salões.

Nos salões, a consultora da Ikesaki aponta para algumas medidas simples e eficazes que os estabelecimentos podem tomar, medidas estas que ela implementa em seu próprio salão, além dos já descritos (uso obrigatório de máscaras, oferta de local para higienização das mãos com água e sabonete, disponibilização do álcool em gel 70% e distanciamento entre as pessoas):

– Ter sempre um frasco com borrifador com álcool 70% ou mesmo com água sanitária diluída para limpar as superfícies onde as pessoas tenham contato físico;

– O salão é responsável pela higienização do estabelecimento como um todo e é obrigado a oferecer os EPIs (equipamentos de proteção individual) aos funcionários. Profissionais terceirizados devem providenciar seus EPIs como máscaras, luvas, aventais e face shields;

– O salão pode manter um caderno ou sistema de registro de uso de EPIs por profissionais por dia de trabalho.

“Busco aproveitar as ofertas de kits de produtos na Ikesaki, como de secadores, shampoos e condicionadores. Neste momento, precisamos economizar ao máximo, sem diminuir a qualidade oferecida aos clientes”, diz Simone Tinelli.

Segundo a especialista, a maior parte da clientela está receptiva aos cuidados tomados nos salões. “Eles sabem da importância dos cuidados e da mudança de hábito que estamos vivenciando. Estes são protocolos que vieram para tornar a vida das pessoas mais segura.

Existem algumas pessoas que não querem usar as máscaras dentro do estabelecimento. Neste caso, temos que lembrá-las que o uso de máscara é obrigatório por lei, sob risco inclusive de multa para o estabelecimento e para o cliente.

Biossegurança está ainda mais rígida agora, mas ela sempre foi necessária nos salões e barbearias

Simone explica que protocolos de biossegurança sempre foram fundamentais para os estabelecimentos de beleza, implicando em vários protocolos de higienização, desinfecção e esterilização.

“Nos estabelecimentos de beleza não apenas pode-se transmitir vírus como das gripes, mas também há o risco de contaminação por material orgânico como sangue, pele e cabelo. As hepatites são grandes vilãs de contaminação através de materiais perfurocortantes como alicates e navalhas. Por isso, a biossegurança tem que acontecer não somente no ambiente e nas superfícies como também nos equipamentos e ferramentas dos profissionais”, ela pontua.

Normatizações

“A NR 32 (normativa regulatória) é a mais aplicada para os estabelecimentos de beleza, onde podemos classificar a classe como área da saúde. Existem também cartilha de boas práticas para o retorno pós pandemia como do SEBRAE”, diz Simone.

Novo normal

Segundo Simone, a clientela está voltando aos poucos, mas ainda tem medo de sair de casa. Os serviços mais procurados atualmente no Dona Barba são coloração, retoque de luzes, corte e hidratação. Esses procedimentos são os mais procurados entre homens e mulheres”, ela conta.

Conscientização dos salões e dos clientes

“Acredito que o setor da beleza profissional está consciente dos protocolos a serem utilizados. A clientela também tem que ter ciência sobre os protocolos que estão sendo realizados em cada local. É uma exigência que envolve ambas as partes, os salões e os clientes, a fim de haver segurança e confiabilidade mútuas”

Sobre Simone Tinelli – Beauty Artist, Barbeira e Especialista em Biossegurança na Área da Beleza Profissional. Formada no Senac, Anhembi Morumbi e London School of Barbering, atua no mercado da beleza desde 2002. É proprietária da barbearia e barber school Donna Barba e é Beauty Artist no Jacques Janine Vila Olímpia.

Sobre a Ikesaki – A Ikesaki é a rede de hiperlojas de beleza profissional com mais de 50 anos de história de inovação em seu DNA. Fundada por Hirofumi Ikesaki, em 1964, no bairro da Liberdade, em São Paulo, a marca iniciou como o primeiro supermercado de produtos de beleza com um sistema de autosserviço de cosméticos. O modelo de varejo criado pela Ikesaki tem por base o respeito a todos os seus públicos, fornecimento de conteúdo e serviços exclusivos e evolução contínua, valorizando as marcas e produtos dos seus fornecedores. A marca conta hoje com oito hiperlojas no Brasil em milhares de metros quadrados e hiperloja online, todas mantendo o conceito original de ponto de venda com soluções completas, grande variedade de produtos e serviços e a melhor experiência de compra para os clientes em um ambiente 100% voltado para a beleza. Para saber mais acesse a Hiperloja Online, FB e Instagram.

Publicidade:
Anterior 7 DICAS DE COMO SE COMPORTAR EM UMA ENTREVISTA DE EMPREGO
Próxima Boletim Municipal de Combate ao Coronavírus (COVID-19)