GUAÍRA CONTINUA NA FASE AMARELA DA RETOMADA CONSCIENTE DA QUARENTENA

Comércio, Academias, Salões de Beleza, Bares e Restaurantes podem funcionar, porém devem seguir protocolos para evitar disseminação do Covid-19

Região de Barretos, em que Guaíra esta inserida,  permanece na fase amarela do Plano São Paulo de enfrentamento ao Covid. O Governo do Estado atualizou, em coletiva, às 12h, da sexta-feira, dia 4, os indicadores que compõe o plano. O governo também prorrogou a quarentena pela décima vez e o estado segue sob restrições até o dia 19 de setembro.

O Estado permanece sem nenhuma região na fase vermelha, a mais restritiva do plano de flexibilização econômica.

FASE AMARELA É PERMITIDO COMÉRCIO

O comércio, poderá realizar atendimento presencial, sem prejuízo da retirada do balcão, drive thru ou delivey, com atendimento das 10h às 18h. Capacidade máxima será de 40 % na área de circulação, 8h diárias de atendimento, adoção de dos protocolos de higiene, distanciamento, uso obrigatório de máscara e disponibilidade de álcool em gel na entrada dos estabelecimentos. Proibição de entrada e permanência de crianças de até 12 anos.

Mesmas regras que se aplicam ao setor de serviços.

BARES, RESTAURANTES E SIMILARES

Capacidade máxima será de 40 % na área de circulação. Consumo no local até às 22h. Limite máximo de 4 pessoas por mesa , com distanciamento de no mínimo de 1,5 m entre as mesas. Disponibilidade de álcool em gel todas as mesas. Proibição de entrada e permanência de crianças até 12 anos. Adoção dos protocolos de higiene e distanciamento. Deverá ter disponível aos clientes sabonete líquido e papel toalha nos banheiros de forma contínua e ininterrupta. Disponibilização de talheres acondicionados em invólucros por kit e bebidas servidas em copos descartáveis.

Fixação de informe, de preferência nas mesas e locais de fácil visão, de todos as obrigações a serem cumpridas, nos termos deste decreto, com declaração prestada/assinada/entregue junto ao Setor de Posturas e Disponibilização de Luvas descartáveis para manuseio em locais com sistema de autos-erviço (self services).

ESTÉTICA E BELEZA

Os salões e barbearias deverá ter capacidade máxima de 40% da área de circulação, com 8 horas diárias de atendimento. Proibição de entrada e permanência de crianças de até 12 anos. Adoção dos protocolos de higiene e distanciamento. Uso obrigatório de máscaras e fica autorizado à prestação de serviços diretamente no domicílio do cliente.

ACADEMIAS

O funcionamento de academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginásticas, não poderá ultrapassar o total de 40% do espaço do local. Deverá ter a adoção das medidas de segurança e prevenção de contágio e utilização de álcool em gel 70%, para higienização dos prestadores de serviços e alunos, além da utilização de álcool 70%, para higienização dos equipamentos e dependências dos locais. Uso obrigatório de máscaras pelos personal trainers e alunos e limitação do horário de funcionamento das 6h às 21h.

AÇÃO CONTRA AGLOMERAÇÃO

O foco da força tarefa será o fim de semana prolongado (7 de setembro) atuando em usuais pontos de encontro da vida noturna e toda a cidade com o objetivo  de dissipar aglomerações para evitar disseminação da Covid-19.

A operação envolve o Demutran – Departamento Municipal de Trânsito,  Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar, Vigilância em Saúde, Departamento de Posturas, Diretoria de Justiça e Diretoria de Desenvolvimento Econômico.

Será fiscalização para conter a propagação do COVID-19 será intensificada e atuará em diversas frentes, com as instituições desempenhando cada qual suas atribuições para fazer cumprir o regramento da flexibilização do isolamento social.

Como houve aglomerações no final de semana passado, o estacionamento da Casa de Cultura “Professor João Augusto de Mello”, usual ponto de encontro da juventude, será interditado e homens da GCM farão a guarda do local  para garantir que o espaço não seja ocupado.

A 4ª Cia da PM de Guaíra vai reforça as rondas executando intervenções pertinentes a sua função, com mais fiscalização em veículos e principalmente quanto ao uso de som automotivo, um dos principais atrativos para as confraternizações, que geram aglomerações.

Deve haver maior quantidade de viaturas e motos nas ruas, tanto pela  Polícia Militar quanto pela Guarda Civil Municipal, podendo os veículos serem  enquadrados na lei do “Pancadão” , com  multas no valor de R$ 5 mil.

A  fiscalização pelo Departamento de Posturas e Vigilância Sanitária, nos estabelecimentos comerciais do tipo bares noturnos e similares terá prosseguimento, sendo exigido o encerramento do consumo no local às 22h e cumprimento das normas de segurança em saúde.

Casas de Festas e locais de eventos seguem impedidos de exercer suas atividades, de acordo com o Plano São Paulo do governo de Estado, e em caso de descumprimento poderão ser autuados também pela GCM e PM.

Desde o início da pandemia foram lavradas 39 multas por descumprimento dos decretos de quarentena da COVID-19 em Guaíra.

As autoridades locais clamam pela consciência da população, que frequentem os estabelecimentos, que são permitidos nesta fase da flexibilização, mas que mantenham o distanciamento social e adotem todas as medidas recomendadas pelos órgãos de saúde para evitar que o vírus avance de forma descontrolada.

Para denunciar irregularidades o cidadão pode ligar 199, 3331.2273 ou 99978.4333 na GCM ou 190 da Polícia Militar.

Publicidade:
Anterior Pandemia não assusta empreendedores, que crescem mesmo diante a crise
Próxima GUAÍRA REGISTRA 815 CASOS DE COVID: Boletim Municipal de Combate ao Coronavírus