6 Motivos e Soluções para as Olheiras


São Paulo, 24 de setembro de 2020 – Noites sem dormir, cigarro, bebida alcoólica, genética, excesso de exposição ao sol ou envelhecimento natural. Seja qual for o motivo, as olheiras dão uma aparência de cansaço, envelhecimento ou até mesmo de um estado de saúde debilitado.

Mas, a boa notícia é que hoje há diversas soluções para tratar as olheiras e amenizar a aparência. Com a ajuda da Dra. Tatiana Nahas, oftalmologista especializada em Cirurgia Plástica Ocular, elencamos as origens e as soluções para os diversos tipos de olheiras.

Confira:

1- Pele fina: a pele da pálpebra inferior é a pele mais fina do corpo. Por isso, a luz pode facilmente passar pela pele, dando destaque a cor mais arroxeada do músculo da pálpebra inferior.

Solução: Nesses casos, é possível tratar com laser, luz pulsada intensa e outros tratamentos que ajudem a estimular o colágeno nas camadas mais profundas da pele. Isso pode contribuir para melhorar a aparência dessas olheiras incômodas, camuflando a área com colágeno fresco.

2- Pigmentação: A exposição ao sol pode causar a formação de pigmentação adicional na pálpebra inferior, seja na forma de sardas, manchas marrons ou de uma descoloração bronzeada uniforme. Esse excesso de pigmentação enfatiza as olheiras em alguns e causa descoloração sob os olhos em outros.

Solução: Protetor solar diariamente, específico para a região ocular e óculos de sol com lentes para raios solares. Mas, se o estrago já está feito, há tratamentos como microdermoabrasão, cremes clareadores tópicos contendo hidroquinona e até peelings químicos.

Esses tratamentos podem ajudar a reduzir significativamente a pigmentação superficial. Os tratamentos com luz pulsada também são muito eficazes na redução do aparecimento de olheiras e são, normalmente, recomendados para pacientes de pele clara, enquanto os pacientes com tons de pele mais escura também podem se beneficiar de outros tratamentos a laser não ablativos.

3- Pequenos vasos sanguíneos: A região periocular é cheia de veias minúsculas e pequenos vasos sanguíneos. Se a pele sob a área dos olhos for particularmente fina, então esses vasos azulados ou arroxeados acabam ressaltando mais a superfície, causando as olheiras.

Solução: Todos os tratamentos citados acima podem ajudar.

4- Depressão do Osso Orbital: Algumas pessoas, por causas genéticas, apresentam uma pequena depressão no osso da órbita do olho, perto do nariz. Isso causa uma sombra sob a pálpebra inferior que vai do canto do olho até o meio da pupila.

Solução: Nesses casos, é possível considerar uma cirurgia de pálpebra inferior (blefaroplastia) e / ou preenchimento com ácido hialurônico.

5- Falta de gordura da pálpebra: Algumas pessoas não têm uma quantidade normal de gordura dentro da órbita ocular. Essa falta de gordura faz com que a pálpebra inferior “afunde” e crie sombras ou círculos escuros ao redor dos olhos.

Solução: Na falta da gordura, é preciso preencher esses espaços vazios para reduzir a sombra. Portanto, o preenchimento com ácido hialurônico pode ser uma ótima solução.

6- Envelhecimento: O processo natural do envelhecimento piora ou pode causar olheiras. Conforme a pálpebra envelhece, o tecido e a gordura podem começar a se projetar contra a pálpebra inferior, além do efeito da gravidade, ou seja, da tendência de a pele cair.

Solução: A blefaroplastia é a técnica mais permanente e eficaz para remover as olheiras causadas pelo envelhecimento.
Vale lembrar que o tratamento das olheiras envolve a ação conjunta de um dermatologista e de um especialista em cirurgia plástica ocular.

Publicidade:
Anterior 5 mitos sobre doenças cardíacas em crianças
Próxima Exercício físico & tempo seco: educadora física e nutricionista dão dicas dos cuidados essenciais neste período