Harmonização Facial: o que é fato e fake no procedimento que conquistou os famosos


Nos últimos dias, o procedimento estético conhecido como “harmonização facial” ficou ainda mais em evidência. Apesar de já ter invadido o Instagram e conquistado os famosos há alguns anos, há vários mitos em torno do assunto. O cirurgião plástico e speaker da Sinclair pharma, Alieksiéi Carrijo, atua com procedimentos estéticos há 15 anos e explica quais são os fatos verdadeiros e falsos sobre a harmonização facial.

“A harmonização facial pode substituir a cirurgia plástica”

Fake – A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos minimamente invasivos combinados com o objetivo de melhorar a harmonia facial, valorizando algumas características individuais e tratando o envelhecimento, porém não tem a capacidade de substituir a Cirurgia Plástica, na verdade são procedimentos que se complementam.

 

 

“Os efeitos da harmonização facial são irreversíveis” 

Depende! Os procedimentos estéticos como toxina botulínica – Botox, preenchedores cutâneos e bioestimuladores têm reversibilidade se forem utilizados produtos absorvíveis como o ácido hialurônico – Perfectha e a policaprolactona – Ellansé. Já naqueles casos em que o profissional utilizar de produtos inabsorvíveis como polimetilmetacrilato – Metacril ou mesmo o silicone líquido, estes resultados serão irreversíveis.

 

 

“O procedimento é muito doloroso” 

Fake – Todo procedimento minimamente invasivo que envolve o uso de agulhas gera uma dor leve, para amenizar esta dor e não transformar o procedimento em um sofrimento para o paciente, usamos de cremes anestésicos ou a infiltração de anestésicos locais para aliviar a dor do procedimento, em geral são procedimentos pouco dolorosos.

 

 

“Se o paciente fizer harmonização facial muitas vezes, com o tempo ela perde efeito”

Fake – A duração do resultado de cada procedimento é variável, a harmonização facial costuma potencializar estes resultados. O ideal, nestes casos, é sempre somar. Uma aplicação de toxina botulínica dura em média 4 a 6 meses, um preenchedor de ácido hialurônico oferece um resultado que varia de 12 a 18 meses e os bioestimuladores, no caso a policaprolactona, é o produto de maior duração no mercado da estética, podendo chegar até a 36 meses. A combinação destes tratamentos, que se bem executado chamamos de Harmonização Facial, pode oferecer um resultado de melhora da aparência em torno de 24 meses. Podendo ser repetido durante todo o processo de envelhecimento ou mesmo embelezamento.

 

 

 

“A harmonização facial apenas estica a pele”

Fake – A Harmonização Facial popularizou-se por transformações apresentadas em fotos de antes e depois nas redes sociais e nestes casos foram utilizados preenchedores de ácido hialurônico, em sua grande maioria, repondo o volume facial perdido durante o processo de envelhecimento e projetando estruturas sabidamente rejuvenescedoras com a maçã do rosto e o contorno mandibular. Mas o ideal seria tratarmos todas as estruturas e oferecermos aos nossos pacientes um refinamento e valorização de suas próprias características individuais.

 

 

“O efeito do procedimento é imediato”

Em partes – Imediatamente o paciente já percebe as mudanças, porém o resultado final seria em torno de 1 a 4 semanas dependendo do produto utilizado.

“A harmonização facial faz o rosto perder a sensibilidade”

Fake – Perdas de sensibilidade em áreas submetidas a procedimentos estéticos podem sinalizar para intercorrências e complicações do procedimento. Em 99% dos casos o paciente apresenta no máximo um desconforto no local da aplicação nas primeiras 24 horas, sem qualquer restrição às atividades diárias, apenas orientações em relação a prática de atividades físicas nos primeiros dias.

 

“Somente maiores de idade podem realizar o procedimento”

Fake – De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica a realização de procedimentos estéticos deve ser preferencialmente a partir dos 16 anos de idade, pois neste período o indivíduo apresenta a sua estrutura anatômica totalmente desenvolvida e sempre com a autorização dos pais.

 

“Harmonização facial é feita com toxina botulínica”

Fake – Pode ser feita com toxina botulínica naqueles casos em que o paciente deseja um rejuvenescimento do olhar mas na maioria dos casos a Harmonização facial é realizada com preenchedores de ácido hialurônico com o objetivo de corrigir imperfeições do nariz, lábios e até mesmo restaurar um contorno facial, projetando estruturas como o queixo e a mandíbula.

Sobre a Sinclair Pharma

A Sinclair Pharma é uma empresa multinacional de dermatologia estética, fundada em 1971, no Reino Unido, que figura entre os principais players do segmento na Europa. Especialista em rejuvenescimento facial, a Sinclair Pharma oferece o que há de mais moderno em produtos como fios de sustentação (Silhouette), preenchedores (Perfectha) e bioestimuladores (Ellansé).

Atualmente, a Sinclair Pharma possui operações na França, Alemanha, Espanha, Brasil, Inglaterra e Coreia do Sul, mantendo, também, uma rede internacional de distribuidores em mais de 90 países pelo mundo. A companhia está no Brasil há 4 anos, com atuação em todos os estados e presença em mais de 500 clínicas médicas e dermatológicas do país.

A Sinclair possui duas plantas fabris na Europa, uma localizada em Lyon, na França, onde é produzida a linha Perfectha, e outra em Utrecht, nos Países Baixos, onde o Ellansé é fabricado. Mantém, ainda, uma parceria no estado de Michigan, nos Estados Unidos, onde acontece a produção de Silhouette Soft.

Publicidade:
Anterior A importância do professor como educador ambiental
Próxima Especialistas em Direito Digital e Segurança da Internet dão dicas de como usar o PIX de forma segura