2.939 vagas na Polícia Civil-SP! Confira 3 segredos para ser aprovado no concurso

Editais do aguardado novo concurso da Polícia Civil de São Paulo deve sair em breve. Aprovado na última seleção conta quais foram os segredos para obter sucesso na prova
Os editais do aguardado novo concurso da Polícia Civil do Estado de São Paulo já estão prontos. A confirmação é do delegado-geral da corporação, Ruy Ferraz Fontes.
Em entrevista concedida para a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP), o delegado ressaltou que a liberação depende apenas de um aval por parte do governo do estado, em decorrência da suspensão dos concursos em virtude da crise de saúde causada pela Covid-19.
O aval do governo contempla um total de 2.939 oportunidades, distribuídas pelos cargos de investigador, escrivão, delegado e médico legista. No entanto, de acordo com levantamento recente, a real necessidade de pessoal para estes cargos já supera 7.009 vagas. Com isto, a expectativa é de que o governo convoque muitos remanescentes durante o prazo de validade da seleção.

Do total de 2.939 vagas autorizadas, 1.600 são para o cargo de escrivão e 900 para investigador, ambos destinados a quem possui formação de nível superior em qualquer área. A remuneração inicial dos dois cargos é de R$ 4.435,62, valor composto pelo salário básico de R$ 3.743,98 e adicional de insalubridade de R$ 691,64.

E para ajudar os concurseiros que têm o sonho de ser aprovado no próximo concurso da Polícia Civil-SP, o professor da Central de Concursos, Thiago Tavares, vai contar os segredos e técnicas utilizadas por ele para ser aprovado em 4 concursos nos últimos 3 anos, sendo o mais recente deles o de escrivão da Polícia Civil do Estado de São Paulo, cargo que exerce atualmente. Confira:

Primeiro segredo: Organização

Uma pessoa desorganizada, sem uma agenda com horários e tarefas estabelecidas, fatalmente estará fadada ao fracasso, não apenas em termos de concursos, mas em tudo na vida. Por isso, considero a organização o primeiro passo para quem já decidiu qual concurso vai prestar.

Minha técnica de organização para o concurso da Polícia Civil de São Paulo foi dividir meus estudos em duas áreas do conhecimento cobrado em provas:

a) Matérias gerais: Língua portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico e Criminologia;
b) Matérias jurídicas: Direitos Humanos, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal e Leis Penais Especiais.

Segundo segredo: Planejamento

Qualquer projeto antes de ser executado precisa ser planejado, e concurso público sem planejamento é sinônimo de reprovação. Desta forma, é crucial uma agenda e a minha eu fiz e ainda faço assim:

a) Segunda a sexta;
b) Duas horas líquidas por dia;
c) No máximo duas matérias diárias: 1 geral + 1 jurídica.

Ou seja, você vai transformar o seu sonho em meta de vida. Em outras palavras, a ideia aqui é transformar-se em um concurseiro profissional.

Terceiro segredo: Estratégia

Ser um estrategista em concursos é encurtar o tempo até a aprovação. E a estratégia que me ajudou a acertar 76% da prova no último concurso PC-SP, realizado em 2018 pela VUNESP, foi priorizar os temas mais recorrentes. Vamos a eles, então:

• Língua Portuguesa: Crase; Concordância nominal e verbal; Regência Verbal; Índice de indeterminação do sujeito e partícula apassivadora; Os porquês; Onde e aonde. Para a parte de interpretação de texto, a minha dica é a leitura de duas matérias jornalísticas por dia.
• Direitos Humanos: Evolução Histórica; Dimensões e Características de Direitos Humanos; Declaração Universal de Direitos Humanos; Pacto de São José da Costa Rica; Tribunal Penal Internacional.
• Direito Constitucional: CF 88: Artigos 1º ao 7º; Artigo 144.
• Direito Administrativo: Princípios Administrativos; Poderes Administrativos; Atos Administrativos; Responsabilidade Civil do Estado.
• Direito Penal:
Parte Geral: Dolo e Culpa; Consumação e Tentativa; Desistência Voluntária; Arrependimento Eficaz; Concurso de Pessoas.
Parte Especial: Crimes contra a Pessoa; Crimes contra a Dignidade Pessoal; Crimes contra a Administração Pública.
• Direito Processual Penal: Inquérito Policial; Provas; Ação Penal.
• Legislação Penal Especial: Lei de Drogas; Lei de Armas; Organização Criminosa; Lei Maria da Penha; Crimes de Trânsito; Tortura; Racismo; Abuso de Autoridade.

Se você adaptar essas dicas à sua rotina diária de estudos, sua chance de conquistar uma das 2.500 vagas (Escrivão e Investigador) será potencializada. Espero ter ajudado e desejo muito sucesso em sua jornada de concursos!

Serviço – Central de Concursos

A Central de Concursos oferece cursos preparatórios para concursos de diferentes áreas. Além das aulas 100% presenciais, disponíveis nos períodos da manhã, tarde, noite e fins de semana, a Central também oferece cursos online e material didático completo.

Mais informações: www.centraldeconcursos.com.br

Sobre a empresa

Com 31 anos de tradição, a Central de Concursos é referência nacional no segmento em que atua: cursos preparatórios para concursos públicos. É a maior empresa do país na divulgação, preparação e treinamento para aqueles que buscam ingressar na carreira pública.

Atualmente, a escola possui seis unidades espalhadas pelo estado de São Paulo: Paulista, Metrô República, Osasco, Guarulhos, Santo Amaro e ABC.

Publicidade:
Anterior Novembro Azul: 5 informações que todo homem precisa saber sobre câncer
Esta é a notícia mais recente.