Impactos da pandemia na saúde mental foi tema do primeiro Estúdio News do ano

Especialista Fabiano de Abreu foi um dos convidados e falou também sobre quando é o momento certo de buscar ajuda
O neurocientista e pesquisador Fabiano de Abreu foi um dos convidados do primeiro Estúdio News, da emissora de televisão Record, do ano. O programa foi ao no último sábado (2) e contou também com a participação da fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching e presidente da SBCOACHING Training, Flora Victoria.
Fabiano de Abreu começou a entrevista destacando a importância da terapia para saúde mental, e comentou sobre os impactos da pandemia para as relações humanas, e no desenvolvimento de crianças e adolescentes.
“Estamos vivendo na era do narcisismo e a pandemia reforçou isso, já que estamos usando a internet com mais frequência do que antes. No meio online, porém, temos a sensação de que não precisamos de nada, já que criamos uma realidade abstrata, onde todos estão bem, mas, na realidade, estamos sozinhos, mesmo que em nossas redes sociais tenhamos vários amigos”, afirmou.
“O principal agora é sabermos usar nossa inteligência emocional. Quem é mais fraco emocionalmente, vai potencializar tudo para o lado negativo e achar que tudo está cada vez pior e mais complicado. Isso pode desencadear em problemas sérios, e até levar à depressão”, alertou.
Com relação às crianças e adolescentes, o pesquisador também fez um alerta.
“Temos neurotransmissores no cérebro que são responsáveis por todo nosso organismo. Controlam nosso humor, nossa vontade de beber água, de querer ou não fazer algo. Com situações extremas, esses neurotransmissores sofrem uma disfunção, e isso acarreta em tudo. Na fase infantil, ter essa disfunção pode ser muito mais grave do que em adultos”, afirmou. “Minha orientação é que os pais estejam mais atentos ao desenvolvimentos dos filhos. Tirem esse momento para dar mais atenção, para acompanhar o crescimento, ver onde há déficit”, completou.
Por fim,  o especialista falou sobre quando é o momento certo para se buscar ajuda de um profissional.
“Tudo depende da potência do problema, de que maneira ele te impacta. Se te impede de levantar da cama e viver a vida, a necessidade de ter ajuda é urgente”, destacou. “Nesse sentido, amigos e familiares podem ficar atentos e ajudar também”, finaliza.
A entrevista completa está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Mq9S7SQV7jM. Fabiano de Abreu pode comentar mais sobre o assunto.
Anterior 5 dicas para começar 2021 com o "pé direito" nas finanças
Próxima Apartamento do futuro: está muito mais próximo da realidade do que se imagina