Veja porque é necessário ter cuidado ao usar produtos com flúor na sua higiene bucal


A saúde bucal é muito importante para manter uma vida mais saudável e com muito mais bem-estar. Por conta disso, os dentistas e profissionais da saúde relacionados aos dentes e a boca desenvolveram uma série de tratamentos e de produtos com flúor que permitem um cuidado melhor dos dentes e da boca.

Entretanto, o uso do flúor em larga escala e sem orientação pode causar problemas sérios, e o que podia ser usado para cuidar da saúde bucal de forma eficiente e segura pode trazer muitos problemas.

Por isso, neste artigo abordaremos sobre o que é o flúor, suas aplicações nos produtos dentais e como são importantes para os tratamentos como clareamento dental e outros.

O que é o flúor?

O flúor é um mineral que pode ser encontrado na natureza, e está praticamente em toda a crosta terrestre. Inclusive, alguns alimentos do nosso cotidiano possui esse elemento como:

  • Arroz;
  • Feijão;
  • Cebola;
  • Alho.

Em algumas empresas do serviço público adicionam flúor na água, justamente para ajudar no combate às cáries.

Na década de 1930, pesquisadores encontraram pessoas que bebiam água naturalmente fluoretadas e que assim tinham menos quadros de cáries.

Assim, o flúor é um elemento amplamente usado na odontologia, principalmente nas metodologias de profilaxia dental e antes de tratamentos estéticos como a aplicação da lente de contato.

O flúor previne as cáries de duas maneiras. Quando são aplicados na infância ajuda o esmalte dos dentes de leite a se tornarem mais fortes e nos permanentes que ainda não nasceram. 

Nos dentes permanentes o flúor ajuda no fortalecimento do esmalte dos dentes. O elemento também garante que os processos de desmineralização e remineralização que ocorre naturalmente na boca.

A desmineralização acontece com a saliva, já que esta é composta por ácidos e liberados após a alimentação. Quando a saliva está menos ácida, ocorre uma reposição de cálcio e fósforo que permite a dureza dos dentes, esse processo é chamado de remineralização.

O flúor ajuda na maior fixação destes minerais nos dentes, evitando que os dentes sejam desgastados na próxima fase de desmineralização. 

 Apesar dos benefícios que o flúor causa, principalmente na limpeza dos dentes e no cuidado ortodôntico, com pessoas que possuem aparelho transparente, há outras que por falta de orientação podem consumir muito flúor, causando problemas. 

No tópico abaixo falaremos sobre os problemas que podem ser ocasionados com o consumo excessivo desse mineral que é encontrado na natureza e usado em variados produtos odontológicos. 

O excesso do consumo de flúor e outros assuntos

O flúor como foi dito é um mineral encontrado na natureza e possui uma série de características como a cor, cheiro, sabor e propriedades clareadoras.

O mineral quando aplicado em produtos específicos podem ser benéficos ao organismo, como encontrados nos cremes dentais. 

No creme dental é usado o fluoreto de sódio, que também é usado em sua fórmula em gel para a limpeza dentária que ocorre no consultório, e para limpeza dos dentes que receberão o aparelho invisivel

Entretanto, se aplicado em grandes quantidades, o flúor pode causar um quadro de problemas, mais precisamente uma intoxicação crônica conhecida pelos médicos odontologistas como fluorose.

A fluorose é um problema de saúde bucal que atinge o esmalte, fazendo com que o dente perca cálcio, afetando de forma bastante forte a estrutura deles.

Esse quadro de intoxicação pode ser causado principalmente por conta do uso incorreto dos cremes dentais com flúor, como o uso de grandes quantidades. 

Algumas consequências da fluorose são o aparecimento das manchas brancas nos dentes, em formato de linhas que ficam sobre toda a superfície.

Caso o quadro de intoxicação continue, as manchas brancas podem se tornar mais escuras, se tornando amareladas e depois marrom.

Em casos mais profundos de intoxicação, a fluorose causa a perda do esmalte e do cálcio dos dentes, gerando inclusive fraturas e também quedas do dente.

Infelizmente, as manchas causadas pelo quadro de intoxicação não conseguem ser eliminadas por completo.

Por isso é fundamental seguir as recomendações dos dentistas quanto ao uso do flúor e dos produtos que possuem esse mineral. Isso porque, como vimos, existem muitos benefícios nesse elemento, atuando de forma muito eficiente na limpeza dos dentes e contribuindo para manter a saúde bucal, tanto dos dentes como da boca como um todo. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.

Anterior Janeiro Branco: Nossa saúde mental está na conscientização da nossa existência
Próxima NOVAS VAGAS DE EMPREGO EM GUAÍRA/SP (Jan/2021)