Saúde bucal e atividades físicas, existem riscos ? 


Cuidar da saúde é fundamental para uma vida próspera e qualificada. Existem diversas formas de melhorar a saúde do organismo, psicológica e dental. Neste artigo, falaremos especificamente da relação entre a saúde bucal e atividades físicas.

Práticas de exercícios físicos

Praticar exercícios físicos pode trazer diversos benefícios para o corpo e para a mente, tais como:

  • Diminuir o estresse;
  • Diminuir a ansiedade;
  • Evitar doenças respiratórias;
  • Evitar problemas com a obesidade;
  • Evitar doenças cardiovasculares.

Existem diferentes formas de praticar atividades físicas, seja um esporte de movimentação, musculação ou ao iniciar caminhadas diárias. Todas essas opções ajudam com esses benefícios, bem como o funcionamento de todo o corpo, podendo atuar com áreas mais específicas, como a caminhada que tem relação direta com o peso e respiração.

Mas, você sabia que também existe uma relação entre a prática de exercícios físicos e a saúde bucal? 

De modo geral, as atividades físicas ajudam a melhorar a saúde bucal por se relacionar com o bem-estar, ampliando a condição da saúde física e mental. 

Mais ainda, o principal ponto dessa relação da saúde bucal com a prática de exercícios físicos também pode se refletir de forma negativa, se os devidos cuidados não forem tomados.

Ou seja, quando a saúde bucal está fragilizada, a prática de exercícios físicos, principalmente para atletas de alto rendimento, pode ser prejudicada, por diversos motivos, como veremos a seguir. 

Dificuldade na recuperação de lesão

Um dos principais riscos de uma saúde bucal prejudicada, quando relacionada a prática de exercícios, é a dificuldade que ela causa para a recuperação de lesões. 

Isso acontece porque, quando a pessoa está sofrendo com alguma doença, ou está em processo de tratamento, como posicionamento de implante dentário, o organismo está se adequando e/ou reagindo ao material “intruso”, o que pode impactar na adesão dos tratamentos e o combate aos agentes, interferindo na cicatrização.

Com isso, ele também tem dificuldades em combater outras lesões corporais, principalmente as musculares.

Outro fator que demanda atenção é que doenças bucais bacterianas podem se espalhar, causando lesões em outras partes do corpo, como a articulação e circulação, impactando na recuperação e em toda a saúde.

Dores e fadiga

Doenças bucais também podem gerar sintomas variados no corpo, tais como:

  • Dores de cabeça;
  • Febre;
  • Cansaço;
  • Estresse;
  • Fadiga.

Esses sintomas, principalmente quando fortes, atrapalham qualquer atividade do dia a dia, mesmo a mais simples. 

Imagine um atleta que precisa praticar a atividade e está com dor, sentindo fadiga e cansaço? Isso prejudica o desempenho e dificulta a prática de exercícios físicos. Contudo, o contrário também pode ocorrer. 

Por exemplo, apesar dos exercícios serem muito benéficos para a saúde bucal, reduzindo inflamações e melhorando a imunidade devido a uma alimentação mais regrada, substâncias como isotônicos também podem impactar a saúde bucal.

Do mesmo modo, atividades de impactos intensos, como lutas, também interferem na saúde, podendo danificar a estrutura dental.

Como cuidar da saúde bucal?

Cuidar da saúde bucal é fundamental para evitar doenças e, ao mesmo tempo, impedir que elas atrapalhem na prática de exercícios físicos. 

A atenção às práticas também é necessária para manter a saúde de forma integral, visto a relação existente entre todos os sistemas do corpo. Mas, afinal, como as pessoas devem fazer isso?

A priori, os cuidados básicos são fundamentais para a estrutura, como escovar os dentes diversas vezes ao dia, limpar a boca após as refeições e utilizar fio dental. 

Além disso, é importante ter outros cuidados, principalmente com a alimentação e com o acompanhamento odontológico para verificar como está a saúde bucal e mantê-la adequada.

O acompanhamento com dentistas pode ajudar nas recomendações da higienização bucal, bem como na execução de tratamentos importantes para os dentes, fortalecendo-os, corrigindo a estruturação que pode gerar dores.

O uso de aparelhos, como o aparelho invisivel, por exemplo, é um dos tratamentos mais utilizados para auxiliar os pacientes a melhorarem sua mordida, por exemplo.

Esse é um tratamento contínuo e, com a utilização do aparelho, independentemente do modelo, de forma correta e frequente, a saúde da cavidade é melhorada e sua função se torna mais ágil e prática, o que também pode impactar na nutrição correta e disposição do atleta.

Contudo, por conta de diversos benefícios, a estrutura de aparelho dental invisivel vem se tornando uma tendência no meio.

Isso porque há a possibilidade de estruturas móveis, que podem ser removidas durante práticas mais intensas, visto que o modelo fixo, se não houver o uso de protetores, pode ferir a parede bucal e os lábios, bem como trincar/quebrar os dentes.

Existem outros tratamentos que podem ser realizados para melhorar a saúde bucal e qualificar o sorriso. Enquanto alguns podem ser necessários, por conta de algum problema estrutural, outros podem ser uma escolha particular, justamente pela estética dos dentes.

Esse é o caso do clareamento dental ou mesmo a colocação de lente de contato, sendo que o segundo pode contribuir tanto com a melhora da estrutura dental quanto com a estética, visto a melhora do alinhamento e da coloração.

Benefícios

A prática de exercícios físicos afeta diretamente a qualidade da saúde, prevenindo problemas musculares, cardiovasculares e doenças bucais.

Com o organismo fortalecido, as doenças bucais também são minimizadas e, quando surgem, podem ser rapidamente combatidas. 

Por esse motivo, profissionais da saúde recomendam que as pessoas pratiquem exercícios físicos, tomando os devidos cuidados com a estrutura bucal, havendo algum procedimento como a lente de contato dental ou não. Para isso, protetores intraorais devem ser utilizados.

Por fim, de modo a tornar a dentição ainda mais resistente e bonita, bem como saudável, o praticante deve manter as consultas de rotina junto ao profissional, preservando a cavidade e realizando os procedimentos que forem necessários.

Neste caso, caso haja o interesse do paciente, também é possível avaliar a possibilidade de realizar tratamentos estéticos e sua viabilidade, ou mesmo esclarecer dúvidas sobre quanto custa lente de contato dental, trazendo ainda mais saúde geral e beleza ao paciente.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

Anterior "Mergulhando de mochila" conquista selo best-seller
Próxima Aprenda como harmonizar quatro molhos diferentes à base de queijo