COMO O QUE COMEMOS INFLUENCIA NOSSA VIDA?


Foto de fauxels no Pexels

Aquela velha frase da Nutrição: “você é o que você come!” é uma grande verdade quando falamos de espiritualidade. Assim, quando pensamos em alimentos geralmente damos espaços para aqueles que nos agradam o paladar ou se ele é nutritivo para o corpo, mas de acordo com a espiritualista Juliana Viveiros, acabamos esquecendo que tudo é formado por energia, inclusive os alimentos e que eles possuem influência energética sobre o nosso corpo.

“Para nossa evolução espiritual precisamos cuidar da nossa energia. Não adianta nos dedicarmos somente em práticas como: meditação, orar todos os dias, incensar a casa ou fazer banho de descarrego toda semana, se você não se atentar à energia do que você consome.” – destaca.

A maioria das religiões pregam algum tipo de restrição alimentar quando esta em período de “purificação” para uma data de milagres. Por exemplo: jejum de carne vermelha na quaresma, não consumir carne de porco – no caso dos judeus -, não usar álcool em dias de trabalho (espíritas). Mas você sabe o por quê?

A explicação que a especialista dá está na energia que esses alimentos têm, e como eles interferem na percepção que o nosso corpo tem das energias sutis da espiritualidade superior.

“Todo alimento tem uma energia própria, por exemplo: um brócolis tem uma energia básica que define a forma, cor e sabor do seu corpo físico. E, assim como nós, a energia do brócolis é influenciada pelo meio ambiente onde ele foi plantado – no caso, se é uma verdura orgânica ou se foi cultivado com pesticidas e adubos químicos, qual a qualidade do solo, a qualidade da água, a época do ano, a exposição ao Sol e à Chuva).” – explica Viveiros.

O mesmo acontece com todos os alimentos que ingerimos. Cada alimento tem uma vibração, e quando consumimos determinados alimentos, absorvemos primeiramente a vibração deles. Segundo Juliana, a energia básica de alguns alimentos pode elevar a nossa vibração, ou intoxicar nosso corpo com energias mais baixas.

Por isso quando estamos buscando um caminho de desenvolvimento da espiritualidade, mediunidade, ou da intuição, precisamos nos atentar para o que estamos consumindo.

“A energia de cada alimento vai permitir que os chakras do nosso corpo fiquem abertos e em perfeita harmonia com o corpo energético, ou pode causar um processo de entupimento e adoecimento de alguns chakras, com bloqueios energéticos, que podem mais tarde virar doenças.” – ressalta.

Assim, para todos aqueles que querem se desenvolver espiritualmente, é preciso olhar com cuidado e carinho para os alimentos que intoxicam o corpo. Eles são capazes de ser nossas vibrações pesadas, de acordo com a espiritualista, ao ponto de não conseguirmos nos conectar às energias dos anos, guias, mentores espirituais que trabalham para a luz.

“Aqueles que possuem mediunidade mais aflorada são indicados a não tomar álcool, por exemplo, pois ele abre o campo energético para ataques de espíritos obsessores, e com certeza não é com anjo ou mentor que vai se comunicar, mas com espíritos comuns que estão perambulando pelo plano espiritual.” – diz Juliana.

Mas então, como consumir alimentos que ajudam na espiritualidade? A especialista listou alguns alimentos que são bons para aumentar os dons intuitivos e favorecem seu desenvolvimento espiritual, e também alguns que devem ser evitados, especialmente nas 24h antes de realizar um ritual ou trabalho espiritual. Veja só:

Alimentação para clarividência: brócolis, espinafre, couve, coco, manga, abacaxi.
Evitar: cafeína, álcool e flúor.

Alimentação para os sensitivos e empatas: feijão e leguminosas, semente de girassol, papaia.
Evitar: carnes e gordura animal, fritura, açúcar refinado, álcool, gordura saturada, cigarros, químicos em geral, comida apimentada, cafeína, aditivos químicos, agrotóxicos, transgênicos, laticínios.

Alimentação para intuição: Nozes, sementes de linhaça e de abóbora, feijões, vegetais crucíferos e chia.
Evitar: Cafeína, açúcar refinado, álcool e glúten.

Propriedades espirituais de algumas Ervas (chás) Comuns:

Camomila: relaxa, abre o chakra do coração, tornando-o mais receptivo;
Hortelã: limpa e equilibra o chakra do Plexo Solar, aumenta a criatividade, motivação e inspiração;
Alecrim: limpa pensamentos negativos, melhora a concentração, abre o chakra do terceiro olho.

Sobre a iQuilibrio:
Os serviços da plataforma iQuilibrio já ajudaram mais de 100 mil pessoas a encontrarem o equilíbrio em todas as áreas de suas vidas, desde relacionamentos, vida profissional, dinheiro, saúde, autoconhecimento, desenvolvimento pessoal, qualidade de vida, espiritualidade e bem-estar. No ar desde 2013, a plataforma conta com os melhores consultores especializados em tarot, búzios, runas, astrologia, terapia e coaches, com atendimento humanizado através de chat, ligações, chamadas de vídeo, entre outros. Além disso, oferecem análises personalizadas e matérias sobre amor, esoterismo, autoconhecimento e muito mais. Para conhecer, acesse: www.iQuilibrio.com.br

Anterior Dia da Pizza: Tirolez sugere receita prática para comemorar a data com muito queijo
Próxima "Capacetinhos": Alimentos que ajudam na não absorção de carboidratos